Curiosidades

Afinal é Carnaval ou Entrudo?

Chegamos a fevereiro e é mês de Carnaval…ou será mês de Entrudo? Na realidade a utilização destes dois termos é indiferenciada, afinal tratam-se de duas palavras que, apesar de terem origem etimológica diferente, detêm o mesmo significado.

Carnaval ou Entrudo são termos que se referem ao “período de três dias de festejos que precedem o início da Quaresma”, pode ler-se no Dicionário da Porto Editora, fonte essa que menciona também “Entrudo” como sinónimo.

Mais comum no meio urbano, Carnaval, provém do latim càro, cárnis (carne), e leváre (tirar, sustar, afastar). A evolução da palavra terá origem no latim medieval, carneleváre ou carnileária (séculos XI-XII) referindo-se à véspera da Quarta-Feira de Cinzas, a e do latim clássico carne levare, abstenção de carne, como desmistifica o Dicionário Houaiss.

Entrudo, por sua vez, termo utilizado sobretudo nas zonas rurais, nomeadamente no norte do país, provém do latim introitu, ato de entrar, entrada, acesso, introdução, começo, referindo-se à entrada na Quaresma.

Esta é por excelência uma das épocas mais festivas do ano em Portugal, por isso a tradição de sair à rua envergando máscaras originais, com muita folia e um aguçado sentido de humor são ingredientes essenciais.

O Carnaval, como hoje é festejado, tem a duração de três dias, de Domingo Gordo à Terça Feira Gorda, sendo que a Quarta Feira de Cinzas o dia que simboliza a entrada no período da Quaresma, que por sua vez antecede a Páscoa.

De Norte a Sul do país há festejos Carnavalescos, alguns com um pouco do sabor do Carnaval do Brasil, outros com um toque do Carnaval de Itália, mas sempre com o espírito luso dos foliões portugueses.

Carnaval ou Entrudo, o importante é a diversão, afinal já diz o provérbio “esta vida são dois dias, e o carnaval são três”!

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo