Vila Verde

Protocolo abre janela de oportunidades a empresários vilaverdenses na CPLP

A Câmara Municipal de Vila Verde e a Associação Empresarial de Vila Verde (AEVIVER) assinaram na tarde desta quinta-feira, 19 de fevereiro, uma “Carta de Compromisso Bilateral” com a União de Exportadores da Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (UE-CPLP).

Com este acordo pretende-se promover novas oportunidades junto das empresas do município, fomentando o desenvolvimento social e económico da região através do estreitamento das relações comerciais e empresariais com a CPLP.

Uma porta que se abre para as pequenas e médias empresas (PME’s) nos PALOP e que poderá proporcionar ao tecido empresarial local novas perspetivas de negócio e canais de comunicação que conduzam ao investimento e exportação para países da CPLP, os quais têm cerca de 650 milhões de consumidores.

A UE-CPLP tem representação em Angola, Guiné-Equatorial, Moçambique, Ilhas Maurícias, São Tomé e Príncipe, Portugal, Cabo Verde, Senegal, Moçambique, Brasil, Guiné-Bissau, Japão, Timor-Leste e Macau.

A cerimónia de assinatura do protocolo teve lugar nos Paços do Concelho onde a comitiva composta por Mário Costa, presidente da União de Exportadores da CPLP e demais elementos do organismo, foi recebida pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, e pelo presidente da AEVIVER, José Morais. Entre os ilustres que marcaram presença na cerimónia esteve também José Lobato, Secretário-Geral da Confederação Empresarial dos CPLP.

Antes da cerimónia oficial de assinatura do documento, o presidente da União de Exportadores da CPLP visitou também as instalações da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV), acompanhado pelo diretor da instituição e também presidente da Assembleia Geral da AEVIVER, João Luís Nogueira.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo