País

Vieira do Minho: Responsáveis da Altice visitam futuro call center em março

A Altice, grupo que vai comprar a PT, e o ministro da economia, Pires de Lima, vão visitar no mês de Março alguns dos centros estratégicos da PT Portugal. Entre as paragens encontram-se Vieira do Minho, Aveiro e Covilhã. A empresa francesa afastou também a hipótese de despedimento coletivo na PT e nega o atraso de pagamentos a fornecedores da SFR.

O futuro “call center” de Vieira do Minho, que será um dos primeiros investimentos da Altice em Portugal e que se estima que criará entre 100 e 150 postos de trabalho no distrito de Braga, o centro de engenharia e telecomunicações em Aveiro e o centro de dados da Covilhã serão três dos pontos a ser visitados pelos responsáveis do grupo francês. Esta será uma visita de âmbito mais formal, tendo em conta que vários responsáveis da Altice têm visitado com frequência Lisboa durante o último mês no decorrer do processo de compra da PT Portugal, o qual está avaliado em 7,4 mil milhões de euros.

Os detalhes foram adiantados esta segunda-feira, 23 de fevereiro, na reunião entre o ministro da Economia e o Sindicato dos Trabalhadores do Grupo Portugal Telecom (STPT) onde foram transmitidos os resultados da reunião que decorreu a 11 de fevereiro, em Paris, entre Pires de Lima e os altos responsáveis da Altice.

“Fomos informados entretanto que a convite do Sr. Ministro os representantes da Altice virão a Portugal, onde visitarão o Centro de Engenharia e Telecomunicações em Aveiro, o Data Center da Covilhã e o arranque do Call Center de Vieira do Minho”, pode ler-se no comunicado disponível pelo STPT na sua página de Internet.

Apesar de o grupo francês que irá comprar a PT Portugal não ter dado garantias ao governo português acerca da manutenção dos postos de trabalho, referiu que respeitará sindicatos e trabalhadores, avançando que não pretende tomar “medidas agressivas” no que respeita à redução de trabalhadores. Outra das mensagens transmitidas por Pires de Lima durante a reunião com o STPT.

Na ordem do dia tem estado também a notícia levantada por sites franceses de que a operadora Altice é responsável pelo atraso de pagamentos a fornecedores da SFR desde dezembro do ano passado. De acordo com o publicado pelo Jornal de Negócios, uma fonte oficial do grupo francês garantiu ao mesmo jornal tratar-se de informação que não corresponde à verdade.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo