Vila Verde

Marta Chambel leva Lenços de Namorados para a praia e volta a vencer Concurso de Acessórios

Marta Chambel volta a vencer o Concurso Internacional de Acessórios de Moda ‘Lenços de Namorados, Escritas de Amor’, com um guarda-sol e um para-ventos que reuniram o consenso do público e do júri. Em cinco edições, a professora conquistou dois primeiros prémios e um segundo lugar.

Numa noite (28 fevereiro) que contou com casa cheia na Quinta de Sara, em Sabariz, meia centena de propostas de acessórios de moda inspiradas nos Lenços de Namorados foram submetidas a concurso, organizado pela cooperativa Aliança Artesanal e pelo Município de Vila Verde. No final, as peças criadas pela professora Marta Chambel, foram as que mais se destacaram, um guarda-sol e um para-ventos azul céu, com motivos dos Lenços de Namorados bordados em tons de branco e vermelho.

No final, aquela que é também uma promotora da marca Namorar Portugal, tendo apresentado neste Mês do Romance uma linha de sombrinhas e guarda-chuvas, revelou-se surpreendida: “Confesso que não concorri com o objetivo de ganhar, mas pelo gosto em participar. Dá um gozo enorme ir vendo a peça a nascer. Devo ter demorado certamente mais de 60 horas a fazer as peças. Agora sinto um misto de emoções, tanto que quando ouvi o meu nome não conseguia parar de rir”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Marta Chambel, professora de Educação Visual e Tecnológica, faz do artesanato um hobi, tendo participado em várias feiras de artesanato do concelho. O seu talento para o artesanato e as artes em geral, motivou o convite para concorrer na primeira edição do Concurso de Acessórios, que foi ganho por ela, com um cachecol e gorro em lã feito pelas suas mãos. No segundo ano ficou em segundo lugar com uma sombrinha que se tornou um ícone da marca Namorar Portugal. Estes dois prémios, e acima de tudo as peças que apresentou deram-lhe entrada direta na ‘família’ Namorar Portugal, tendo inspirado o lançamento de uma linha de acessórios de moda em 2014 e a linha de sombrinhas bordadas e guarda-chuvas estampados, este ano, a pedido de vários potenciais clientes.

Será que mais este prémio abre portas a uma futura nova linha? “Confesso que já tinha pensado várias vezes nisso e esta proposta vem um bocadinho alimentar esse bichinho… Quem sabe se em breve não surge alguma novidade nesse sentido?”, respondeu enigmática a artesã.

O primeiro prémio entregue a Marta Chambel foi patrocinado pela Caixa de Crédido Agrícola de Vila Verde. Os restantes prémios foram ganhos pela Escola Profissional de Felgueiras, que ficou em segundo lugar, com a proposta criativa dos alunos Ruben, Bruno, Daniel, Fábio e Pedro, com um chapéu e botas de cowboy, e em terceiro lugar ficou a capa em burel, com bolsa e uma blusa feltrada, do CEARTE, da autoria de Cremilde Matos, financiados respetivamente pelo Intermaché e pela Fotofelicidade. Este ano houve ainda um quarto prémio, em estreia, atribuído à proposta escolhida pelo público, à semelhança do que já existe na gala Namorar Portugal. Como o público escolheu o mesmo que o juri, o prémio foi para a segunda proposta mais votada, a de uma bicicleta, capacete, sapatilhas e luvas, de autoria das alunas Sara, Ana, Rute, Sónia e Ana, da Escola Profissional de Felgueiras, patrocinado por Paula Carvalho RP.

A esta entrega de prémios assistiu ainda o presidente da câmara de Felgueiras, Inácio Ribeiro, concelho de onde é oriunda uma das instituições mais premiadas nos concurso associados ao Namorar Portugal – a Escola Profissional de Felgueiras, que nesta noite arrebatou dois dos quatro prémios entregues.

Antes foram entregues os prémios do Concurso de Montras Namorar Portugal, iniciativa organizada pela Associação Empresarial de Vila Verde, AEViVer e que mobiliou 15 empresas e espaços comerciais que deixaram as suas montras serem preparadas pelos formandos da AEViVer. A melhor montra foi a de FÁtiModa, decorada por Paula Gonçalves. Em segundo lugar ficou a Casa Gomes, com montra decorada por Armanda Costa e em terceiro, as Galerias da Vila, com montra criada por Fernanda Barros. Para além destes, foram ainda entregues menções honrosas distinguidas em três categorias: a Livraria Paloma na categoria de Inovação; a Halcon Viagens na categoria Incentivo ao Consumo, e a VerdeCenter, pela Originalidade.

No final do evento, o presidente do Município de Vila verde, António Vilela felicitou os premiados pela vitória e definiu esta como “uma noite mágica, que vem culminar 30 de 31 dias de Mês do Romance em que o Amor andou no ar.” Em jeito de balanço, o presidente do executivo deixou uma palavra especial “aos 24 parceiros que apresentaram os 24 projetos ao longo de 24 dias, dando uma projeção significativa à marca Namorar Portugal e a Vila Verde”. António Vilela salientou que “o Mês do Romance pode ter chegado ao fim, mas a marca vai continuar dinâmica o resto do ano, com o espaço comercial definitivo aberto”.

Hoje, 1 de março a programação encerra oficialmente na Quinta da Aldeia com o evento ‘E viveram felizes para sempre’.

Nota de imprensa de FPXT – Comunicação Criativa

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo