País

GNR: Resultados da atividade operacional especialmente orientada para a prevenção da criminalidade violenta

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, no decorrer do dia 02 de março, as quais visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, nos seguintes distritos/comandos territoriais/Unidades: Braga; Coimbra; Faro; Guarda; Leiria; Lisboa; Porto; Santarém; e Viana do Castelo.

Deste conjunto de operações foram realizadas 55 detenções em flagrante delito pela prática dos seguintes ilícitos criminais: 19 por condução sob o efeito do álcool; oito por condução sem habilitação legal; oito por tráfico de estupefacientes; três por posse ilegal de armas; seis por furto; uma por roubo; uma por violência doméstica; e nove por outros crimes. Foram elaborados 46 autos de notícia por detenção em flagrante delito e 1358 autos de contraordenação a legislação diversa.

Apreensões mais significativas: 12 doses de heroína; 150 doses de cocaína; 55,25 doses de haxixe; 58 gramas de canábis; cinco armas de fogo; 41 munições de diversos calibres; nove veículos ligeiros; um motociclo; três artigos em metais preciosos; e 785 euros em numerário; No âmbito do trânsito foram fiscalizados 3073 condutores e detetadas 1358 infrações; destacando-se: 44 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei; 341 excessos de velocidade (em 10714 controlos); 33 relativas a excesso ou deficiente acondicionamento de carga; e 26 relacionadas com tacógrafos.

Fonte: GNR

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo