Vila Verde

Duas centenas caminharam contra o cancro da mama em Loureira

A freguesia de Loureira, em Vila Verde, recebeu no domingo, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, uma caminhada de cariz solidário contra o cancro da mama, a qual juntou mais de duas centenas de pessoas.

A iniciativa, organizada pela Eulália Jovens Associação Humanitária (EJAH) em parceria com a Junta de Freguesia de Loureira, teve como objetivo sensibilizar para a prevenção do cancro da mama, mas também angariar fundos para o Movimento Vencer e Viver do Hospital de Braga, através da compra da t-shirt alusiva a esta caminhada.

De acordo com o presidente da Junta de Freguesia de Loureira, Pedro Dias, a iniciativa foi um sucesso e ultrapassou as expectativas.

“Optámos por não efetuar inscrições e receber todos os que quiseram juntar-se a nós”, referiu Pedro Dias, de acordo com o publicado pelo Diário do Minho, reforçando que em iniciativas futuras deverão efetuar um maior controlo, uma vez que a adesão da população foi imediata e as t-shirts chegaram a esgotar.

A caminhada solidária intitulada “Toque de Vida” juntou homens e mulheres que caminharam por esta causa desde a Junta de Freguesia de Loureira, passando pela margem do rio Homem até a freguesia de Soutelo. Os participantes voltaram depois ao ponto inicial.

Todos os anos cerca de 4500 casos de Cancro da Mama são diagnosticados em Portugal e esta caminhada solidária contra o cancro da mama. que decorreu inserida nas comemorações do Dia Internacional da Mulher, mobilizou a população que envergando t-shirts cor-de-rosa se uniu nesta luta contra uma doença que continua a afetar maioritariamente o sexo feminino.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo