Vila Verde

José Morais nega divisões no PS Vila Verde e desavenças com a Federação de Braga

O vereador do Partido Socialista na Câmara Municipal de Vila Verde, José Morais, considera que a decisão de demissão de Luís Filipe Silva da presidência da Comissão Política Concelhia do PS não está relacionada com as eleições diretas do PS, nem com a existência de discórdias com a Federação de Braga. José Morais, em declarações ao VilaVerde.net, reforçou ainda que “não há divisões no PS de Vila Verde”.

“Ao contrário do que alguns adversários políticos tentaram de forma insidiosa fazer passar na imprensa, a decisão do Luís Filipe nada teve a ver com questões relacionadas com as eleições diretas do partido, muito menos desavenças com a Federação de Braga, que nos tem apoiado de forma incansável e com quem Vila Verde mantém as melhores relações políticas e institucionais”, garantiu o vereador socialista ao VilaVerde.net, afirmando respeitar a decisão tomada pelo agora ex-líder da concelhia do PS de Vila Verde.

Desde sábado, 7 de março, dia em que Luís Filipe Silva revelou em comunicado à imprensa as justificações para a sua demissão, que este é um assunto que está na ordem do dia.

“O Partido Socialista de Vila Verde está unido em torno do projeto Vilaverdense liderado pelo Luís Filipe”, defende José Morais, enfatizando que o “ trabalho autárquico em nada saiu afetado” com a tomada de decisão do também vereador do PS na Câmara Municipal de Vila Verde, Luís Filipe Silva.

“Os eleitos do PS, seja na vereação, na assembleia municipal ou nas juntas de freguesia, continuam de forma positiva e construtiva empenhados em mudar Vila Verde para melhor”, completou José Morais, reforçando o empenho do partido para que em 2017 saiam vitoriosos nas autárquicas.

No que respeita ao PS a nível nacional, José Morais afirma haver no PS de Vila Verde “empenho e determinação” na eleição de António Costa, atual secretário-geral do PS, como primeiro-ministro nas legislativas deste ano, afastando quaisquer divisões entre os apoiantes de Seguro e Costa.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo