Vila Verde

Rui Silva garante que dossier de deputados não foi ainda discutido pelo PSD de Vila Verde

O presidente da Comissão Política do PSD de Vila Verde, Rui Silva, garantiu em declarações ao VilaVerde.net que o assunto referente à indicação de nomes para deputados à Assembleia da República para as Legislativas de 2015 ainda não foi discutido internamente pelo partido. Rui Silva considera contudo que o PSD Vila Verde deve ter um deputado em lugar elegível.

Acerca dos nomes que têm vindo a público, Rui Silva clarificou ao VilaVerde.net que este “é um assunto que nunca foi falado, até porque só podemos fazer uma avaliação em função do perfil que for traçado pela Comissão Política Nacional”. Rui Silva considera mesmo que seria “extemporâneo pensar em nomes e em pessoas” nesta altura.

Por outro lado, uma fonte próxima do PSD garantiu ao VilaVerde.net que na última reunião da Comissão Política do partido o assunto do dossier de deputados terá alegadamente estado em cima da mesa e que nessa ocasião Rui Silva terá revelado que não iria abrir mão da possibilidade de ser indicado como deputado à Assembleia da República. A situação acabou por ser refutada por Rui Silva ao VilaVerde.net.

A mesma fonte garantiu ainda ao nosso jornal online que em cima da mesa estão outros nomes, caso de Miguel Peixoto, líder da JSD distrital, e João Lobo, atual deputado e presidente da Assembleia Municipal de Vila Verde. Neste último caso fala-se até que o afastamento do seu nome da lista de deputados poderá levar à sua demissão da presidência da assembleia municipal. Situação que até ao momento o VilaVerde.net não conseguiu confirmar junto do deputado.

“Nunca falamos nesse assunto no partido”, reiterou o líder da concelhia do PSD, reforçando que esse é um dossier que compete primeiro à Comissão Política Nacional definir o perfil dos candidatos a deputados e que só depois desses detalhes e dos mesmos passarem pela Comissão Política Distrital irão ser abertos os dossiers em Vila Verde, situação que se prevê que suceda um mês antes da entrega das listas para as legislativas. É nessa altura, que de acordo com o dirigente, farão a respetiva avaliação dos elementos que estarão aptos a ocupar o cargo de deputado.

“Neste momento não faz sentido estarmos a falar em nomes, nem a fazer uma avaliação do trabalho que tem sido feito”, disse ao VilaVerde.net, o presidente da Comissão Política do PSD de Vila Verde, considerando que “existem vários vilaverdenses com perfil e com capacidades profissionais e académicas para ocuparem lugares dessa natureza”.

Alheando-se das polémicas provocadas pelo assunto do dossier de deputados, Rui Silva é perentório e reforça a importância de Vila Verde ter um deputado eleito.

“Dada a representatividade de Vila Verde a nível do PSD a nível local, a nível distrital e nacional, dado o histórico que nós temos entendo enquanto presidente da comissão política local que devemos ter um deputado em lugar elegível e não compreenderíamos que tal não acontecesse”, defende, considerando que esta será uma posição extensível a todos os vilaverdenses.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo