Vila Verde

Autor de assalto à mão armada em Vila Verde começa amanhã a ser julgado

Som produzido por computador

O Tribunal de Braga começa amanhã a julgar um dos autores de um assalto à mão armada que, há três anos, chocou Vila Verde. Foi no centro da sede de concelho e em plena luz do dia (11h30), que uma dupla de larápios se aproximou de um empresário com o objectivo de lhe roubar o veículo Mercedes.

Um dos meliantes, que nunca chegou a ser identificado, bateu no vidro do automóvel da vítima e mal o condutor abriu a porta do carro encostou-lhe uma arma à cabeça. Ameaçou-o de morte e ordenou-lhe que abandonasse o veículo. Entretanto, o arguido terá entrado para o lugar do passageiro, apontando-lhe outra arma à cabeça. O acusado acabou por ser detido alguns meses mais tarde, em Felgueiras, por assaltos à mão armada.

O empresário não ganhou para o susto, mas, apesar de tudo, os prejuízos foram apenas materiais. Ficou sem os 2500 euros que tinha na carteira e as autoridades acabaram por nunca conseguir recuperar o automóvel Mercedes, avaliado em 35 mil euros.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo