País

PSP: polémica no comando de Braga

Som produzido por computador

Polícias agendam protesto contra “prepotência e desrespeito” no comando de Braga.

Os dois maiores sindicatos da polícia promovem na quinta-feira uma vigília frente à PSP de Braga, em forma de protesto contra a “prepotência” e o “desrespeito pelos direitos dos trabalhadores” que dizem reinar naquele comando distrital.

Em comunicado conjunto, a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) e o Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP/PSP) referem que a vigília surge “após a ausência de soluções para os problemas verificados” naquele comando.

“Os problemas prendem-se com o desrespeito pela Lei Sindical da PSP, com a transferência de local de serviço de elementos em período de baixa médica, horários de trabalho aplicados arbitrariamente, que prejudicam a vida pessoal dos Profissionais, e falta de respeito pelos direitos dos profissionais da polícia, com reflexos no serviço prestado à população”, acrescenta o comunicado.

Para os sindicatos, este é “mais um caso que evidencia as denúncias de prepotência e desrespeito pelos direitos dos profissionais da PSP, que têm vindo a acentuar-se um pouco por todo o país”.

Contactada pela Lusa, fonte da PSP de Braga disse que não iria reagir a iniciativas sindicais, adiantando que já o fez “em sede própria”, junto do Comando Nacional.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo