País

PJ identifica criança suspeita de atear fogo

Partilhe esta notícia!

A Polícia Judiciária (PJ) comunicou à imprensa, esta manhã de segunda feira, a identificação de um rapaz de 11 anos de idade e principal suspeito da autoria de um incêndio florestal ocorrido na sexta-feira em Silvares, concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

Segundo dados fornecidos pelos agentes judiciários, a criança terá  ateado o incêndio com recurso a um isqueiro, num terreno com abundante vegetação seca e rasteira, perto de uma moradia e de uma zona florestal de pinheiros bravos e alguns eucaliptos.

A investigação, a cargo do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, não permitiu determinar “qualquer motivação racional ou explicação plausível” para a atitude do rapaz, adianta.

Comentários

topo