País

PSP deteve 459 pessoas e apreendeu 17 armas de fogo no último mês

Partilhe esta notícia!

A PSP deteve 459 pessoas e apreendeu 7.700 doses de droga e 17 armas de fogo no último mês no âmbito da operação “Verão Seguro”, segundo dados divulgados hoje pela Polícia de Segurança Pública.

Em média, a polícia deteve 15 pessoas por dia, entre 16 de julho e 15 de agosto, na sequência de 700 ações de fiscalização que realizou.

A condução sob influência de álcool e a falta de habilitação legal para conduzir foram os crimes mais detetados (126 e 68 detidos, respetivamente), seguidos do tráfico de estupefacientes (56 detidos) e furto (55), adianta a PSP em comunicado.

Foram ainda detidas 21 pessoas por roubo e 19 por posse de arma ilegal no decorrer desta operação que se estende até 15 de setembro e que tem por objetivo incrementar o sentimento de segurança em zonas balneares, áreas turísticas e comerciais, áreas residenciais e nos principais eixos rodoviários da área de responsabilidade da PSP.

Neste período, foram fiscalizadas perto de 14 mil viaturas, tendo sido detetadas mais de 4.000 em excesso de velocidade (3.761 infrações graves e 625 muito graves).

Entre as infrações rodoviárias detetadas, A PSP destaca ainda a falta de inspeção e o uso de telemóvel durante a condução.

As ações desenvolvidas no último mês conduziram também à apreensão de mais de 7.700 doses de estupefaciente, 17 armas de fogo e 12 armas brancas.

No âmbito da operação foram ainda distribuídas 2.116 pulseiras do Programa Estou Aqui, que se destina a crianças entre os dois e os nove anos e conta já três anos de implementação.

Esta iniciativa consiste na atribuição de uma pulseira com um código alfanumérico a cada criança inscrita para permitir a sua identificação e promover o reencontro com os seus pais no caso de se perder.

“Como verão seguro significa também poder ir de férias com tranquilidade, a PSP, no âmbito do programa Vigilância a Residências, vigiou 670 casas com um nível de sucesso de 100%”, sublinha no comunicado.

A PSS recorda que para aderir a este programa basta ir a uma Esquadra e preencher o formulário próprio onde é dada indicação do período de ausência, ou aceder ao sítio https://veraoseguro.mai.gov.pt/Pages/Home.aspx e seguir os passos indicados.

“Após a inscrição, resta ir de férias com segurança porque a residência será vigiada de forma sistemática pelos agentes da PSP de forma a reduzir as possibilidades de assalto”, acrescenta a polícia no comunicado.

Comentários

topo