Cultura

Espadelada regressa a Marrancos nos dois anos do Museu do Linho

Partilhe esta notícia!

Inserida “Na Rota das Colheitas”, Marrancos volta a receber Espadelada à moda antiga para comemorar o 2º aniversário do Museu do Linho, freguesia de Marrancos, no próximo sábado (5 setembro) às 15:30 horas.

Os saberes do mundo rural voltam a assumir lugar de proa naquela que é uma das atividades mais aguardadas da programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas e que terá lugar no Museu do Linho.

A Associação Cultural e Recreativa de Marrancos vai levar os participantes a embarcarem numa autêntica viagem no tempo com uma recriação genuína das espadeladas de outrora.

Perto de três dezenas de mulheres, trajadas a rigor, assumem o comando de diversos engenhos artesanais de transformação do linho, enquanto entoam cântico tradicionais, muitas vezes acompanhados pelo som das concertinas.

Os atores locais dão corpo a uma atividade que leva os visitantes a contactarem de perto várias etapas do ciclo da planta do linho, desde a colheita até aos belos e afamados bordados, tão característicos da nossa região.

A iniciativa, inserida Na Rota das Colheitas do Município de Vila Verde, dá o mote para as comemorações do segundo aniversário do Museu do Linho, o único do país inteiramente dedicado inteiramente a preservar a memória desta arte ancestral.

A jornada tem início marcado para as 15h30, altura em que começa a espadelada. Uma hora mais tarde haverá tempo para uma demonstração dos cânticos tradicionais associados ao ciclo do linho. Pelas 17h30, a animação fica a cargo do Grupo folclórico de Marrancos. No final do período vespertino, às 19h00, é altura de aconchegar os estômagos e ‘atacar’ a merenda, num convívio à boa moda minhota, em que não faltam os petiscos típicos da nossa região.

O Museu do Linho tem entrada gratuita e está aberto, todo o dia aos sábados, e domingos de manhã. À semana, mediante marcações feitas por telefone, junto do Sr. Abílio Ferreira (253 381 219 ou 919 625 131). Mais informações na página do Facebook: museu.linho. Coordenadas GPS para chegar ao museu: 41º 39’ 58” N, 8º 31’ 11” W.

Comentários

topo