Região

Igreja de Braga já fez levantamento de locais para colher refugiados

“Estamos de braços abertos”, diz Jorge Ortiga, Arcebispo de Braga e Primaz das Espanhas. Segundo o cura, a Arquidiocese de Braga já fez um levantamento dos espaços onde poderá acolher refugiados.

“Já temos alguns lugares identificados, mas é necessário que exista previamente um diálogo em ordem a estabelecer uma estratégia comum. A chegada destes seres humanas é para algum tempo, marcada para uma certa estabilidade e tudo isto tem que ser bem estruturado para que a resposta seja a mais adequada”, frisou Jorge Ortiga em declarações à RUM.

Olhando seriamente ao problemas, o arcebispo lança alerta. “E necessário individualizar aqueles que estão a aproveitar-se destas pessoas para poder arriscar passar o Mediterrâneo que está a ser um autêntico cemitério”, apontou.
se resolverá”.

A ONU pede agora a distribuição de 200 mil refugiados na União Europeia. Portugal deverá acolher aproximadamente 3 mil.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo