Cultura

Dois anos de Museu do Linho com espadelada (c/audio e cantares)

Partilhe esta notícia!

É o único museu do género em Portugal e celebrou esta tarde de sábado dois anos de existência. O Museu do Linho está sediado em Marrancos, na antiga escola primária após a reabilitação do edifício, e é cada vez mais fator de atratividade com mais de três mil pessoas a passarem pelo museu desde que abriu.

O museu tem o contributo da União de Freguesias de Marrancos e Arcozelo e do Câmara Municipal de Vila Verde. No entanto é em Abílio Ferreira que tem patrono, até porque este homem da terra cedeu todo o espólio de artefactos que compõem o conteúdo do museu, assim como as imagens que o ilustram no interior.

“É um orgulho ver esta museu. Vem gente de muito longe. Eles lá descobrem isto”, diz Abílio Ferreira ao Vilaverde.net, rodeado de mais de 20 mulheres a Espadelar o Linho, arte secular e dura.

“Esta é uma das mais aguardadas atividades da programação turístico-cultural, Na Rota das Colheitas, um roteiro que homenageia o universo da ruralidade”, afirma António Vilela, edil de Vila Verde

Toda atividade foi acompanhada pelo entoar de modas antigas, com temas associados ao linho e acompanhadas por concertinas.

O Museu do Linho tem entrada gratuita e está aberto, todo o dia aos sábados, e domingos, de manhã. À semana, mediante marcações feitas por telefone, junto de Abílio Ferreira (253 381 219 ou 919 625 131). Mais informações na página do Facebook: museu.linho. Coordenadas GPS para chegar ao museu: 41º 39’ 58” N, 8º 31’ 11” W.

DSC_0818

DSC_0776

DSC_0678

Comentários

topo