Vila Verde

Articulação entre Governo e Câmara de Vila Verde para o desporto considerada “exemplar” por Rui Silva

Partilhe esta notícia!

“Vários equipamentos concluídos no último mandato, por todo o concelho, garantem as melhores condições aos amantes do desporto, em Vila Verde”, destaca Rui Silva, vilaverdense candidato da coligação de direita Portugal à Frente (PaF).

Os candidatos a deputados da Assembleia da República da coligação Portugal À Frente pelo círculo eleitoral de Braga, Rui Silva e Miguel Peixoto, visitaram uma série de equipamentos do concelho de Vila Verde que estão a reforçar a rede desportiva municipal.

O périplo teve início no renovado Complexo Desportivo da Vila do Pico de Regalados e, daí, prosseguiu nas instalações do Lanhas, dos ‘Regadinhas’ de Freiriz e na Ribeira do Neiva.

De acordo com Rui Silva, estas obras conheceram um considerável progresso.”A partir do momento em que houve cooperação plena entre Câmara e Governo”, frisa, considerando “fundamental trabalho dos clubes, associações e juntas”.

Nos últimos anos, para além de diversos campos de futebol de 5, foram ainda instalados dois relvados sintéticos de futebol 7 e dois outros de futebol 11. No concelho estão ainda prestes a serem concluídas as obras de dois pavilhões gimnodesportivos.

“Mesmo em período de austeridade, o Governo foi capaz de se centrar num investimento seletivo e positivo, de proximidade e que foi de encontro aos anseios das populações”, diz Rui Silva.

Fomentar a “partilha de equipamentos” enquanto não é possível responder a todos os casos

Enquanto alguns clubes e associações ainda aguardam pela conclusão de obras semelhantes no concelho de Vila Verde, o candidato a deputado pela PaF apela a “uma experiência de partilha dos que já viram os seus anseios correspondidos”.

“Este Governo, percebendo o tempo de austeridade que se vive na Europa, abandonou obras faraónicas, para se centrar em obras com critério, que realmente interessam aos portugueses”, lembra.

Já em Lanhas, o candidato a deputado considerou que Vila Verde tem, agora, infraestruturas desportivas que garantem um “futuro de sonho” aos jovens do concelho. Depois de ouvir os anseios dos dirigentes locais, Rui Silva defende que “Lanhas é um dos clubes mais antigos de Vila Verde e merece, naturalmente, as melhores condições para a prática desportiva”.

Palavras que, juntamente com o anúncio de novidades para a próxima época desportiva, desvendadas pelo vereador da Câmara de Vila Verde com o pelouro do Desporto, Rui Patrício, deixaram ‘água na boca´dos lanhenses.

Certo de que terão uma “magistratura de influência sobre o Governo, no próximo mandato”, os candidatos garantiram que “Lanhas terá o seu relvado sintéctico e as obras dos balneários concluídas”.
Na visita ao novo reduto dos Regadinhas de Freiriz, Rui Silva – na companhia de Miguel Peixoto – recordou que, mesmo não sendo sempre possível cumprir escrupulosamente com os timmings definidos a princípio, o mais importante é que a obra está concluída. “Quando chegámos à Câmara Municipal, Vila Verde não tinha nem um único campo relvado para a prática de futebol”, acrescentou o candidato, afirmando que o Município está a criar condições para que os jovens vilaverdenses compitam com condições equivalentes às dos melhores clubes do País.

Dotada de um campo de futebol 11, com relvado sintético, piscinas e pavilhão gimnodesportivo, a Ribeira do Neiva é um dos expoentes máximos desta aposta do Município de Vila Verde no desporto. Estas obras só foram possíveis, no entanto, no entender do vereador Rui Patrício, dado o “natural entendimento e conjugação de forças” entre um Governo, uma Câmara Municipal e Juntas de Freguesia com a “mesma visão política do desenvolvimento do país”.

Nesse sentido, os candidatos a deputados, Rui Silva e Miguel Peixoto, garantem que conhecem “a realidade do concelho, os agentes municipais e os governantes do poder central” e prometem “tudo fazer para que a voz de Vila Verde continue a ser ouvida”.

Líder distrital da Juventude Social Democrata, Miguel Peixoto lembrou, por seu turno, que foi escolhido entre os jovens do Distrito de Braga para as listas da coligação Portugal À Frente, mas assegura que prestará “especial atenção à realidade da juventude vilaverdense”, uma vez que “é com este tipo de investimentos que se assegura o futuro de bons desportistas, mas fundamentalmente de grandes Homens”.

Comentários

topo