Desporto

Discórdia entre organização e Câmara de Esposende quanto à forma de processar um recibo cancela Water Battle 2015 em Ofir a dois dias da prova de surf e bodyboard.

Organização da prova, a cargo da Surfrider Foundation do Porto e através de comunicado, anunciou o cancelamento, a dois dias do evento, do “Water Battle 2015”. Uma prova de surf e bodyboarda que se ia realizar na Praia do Ofir em Esposende (Fão) este fim-de-semana.

Segundo os organizadores, em causa está “a falta de cumprimento de todos os compromissos assumidos no início do ano pelo vereador Rui Pereira”.

“ Surfrider Foundation Porto é assim totalmente alheia a este cancelamento, tendo fornecido toda a informação e meios atempadamente, bem como planeado e produzido em tempo útil todos os requisitos necessários à materialização desta prova”, afirmam os organizadores.

No entanto, e segundo Rui Pereira, vereador que tutela o desporto na Câmara de Esposende, em causa está a forma como a organização queria passar recibo. “Queriam passar como ato isolado e no nome de um colaborador da organização. Situação que não pactuamos e que não é permitido. A entidade organizadora não conseguia passar um recibo com o valor do nosso apoio. Daí que não assumimos o apoio”, refere Rui Pereira, acrescentando que o apoio ascendia aos três mil euros mais logística. “Não havendo apoio, a prova não se conseguia realizar”, frisa o vereador.

A prova tem vindo, nos últimos anos, a perder a força que chegou a ter. “Começou com mais de 100 equipas. Agora nem a 20 chegavam. Temos que defender os interesses do município e esta prova já só estava a defender os interesses de meia dúzia de amigos”, diz Rui Pereira.

A Water Battle 2015 já se realizava em Esposende desde há quatro anos para cá.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo