País

Eleições: Frases da semana

Partilhe esta notícia!

Seleção de frases que marcaram os últimos sete dias da pré-campanha para as legislativas de 04 de outubro:

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

catarina martins

Catarina Martins, porta-voz do BE, sobre a subconcessão por ajuste direto dos transportes públicos do Porto

04-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Alguém consegue conceber alguma coisa mais obscura e estranha do que um governo fazer um ajuste direto de empresas que valem milhões a um mês das eleições.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

joao galamba

João Galamba, membro do secretariado nacional do PS

04-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Paulo Portas disse que a população ativa só caiu no período da legislatura em 80 mil pessoas, mas, na realidade, caiu 250 mil. Estes números que Paulo Portas decidiu mobilizar para o seu número de variedades não são pura e simplesmente verdadeiros, sendo antes pura ficção.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

assuncao cristas

Assunção Cristas, vice-presidente do CDS/PP

04-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Acho que podemos dizer com orgulho que, quanto ao primeiro capítulo de pagar o que se deve e sanear as finanças, temos 20 valores.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

pedro passos coelho

Pedro Passos Coelho, líder do PSD

04-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Independentemente das preferências partidárias que os portugueses possam ter em cada ocasião, o que eles mais querem hoje é que a recuperação seja resultado do esforço coletivo que fomos fazendo e possa servir no futuro para alcançar níveis de prosperidade mais elevados do que temos hoje.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

antonio costa

António Costa, secretário-geral do PS

04-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

São dois processos que correrão em paralelo. As pessoas determinarão o seu sentido de voto, assim como a justiça determinará a sua função e o eng. José Sócrates determinará a sua defesa.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

mario centeno

Mário Centeno, coordenador do grupo de peritos económicos do PS

Expresso, 05-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

A coligação [PSD/CDS-PP] está a fazer de morta. E póstuma.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

jeronimo de sousa

Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP

Expresso, 05-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Não estamos a pensar em arranjos para formar Governo. Nem fazemos favores ao PS.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

pedro passos coelho

Pedro Passos Coelho, primeiro-ministro

CMTV, 05-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Há ideias próximas das que ele [José Sócrates] defendeu e executou, mas são outros candidatos. Podem, às vezes, ser ideias muito parecidas, ou próximas, mas são outros.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

paulo portas

Paulo Portas, presidente do CDS/PP

06-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Luto pela vitória da coligação porque não quero, como português, que se repitam os mesmos erros, causas e consequências, outra coisa são casos judicias. Não quero candidatos do CDS a comentá-los. Nunca o fizemos, nem fazemos agora. Acreditamos na separação de poderes.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

antonio costa

António Costa

06-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Há os que se podem entusiasmar pelos comentadores e jogar para o empate, mas nós, no PS, o que nos entusiasma não são os comentadores, mas são os eleitores. Não jogamos para o empate, jogamos para ganhar.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

jeronimo de sousa

Jerónimo de Sousa

06-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Se PSD e CDS passaram a esconder que o seu verdadeiro programa está vinculado às orientações do grande capital nacional e transnacional, o PS segue o mesmo caminho. Para dar credibilidade aos seus falsos programas, entregaram-se a uma guerra de cenários, projeções, simulações, contas e continhas que apenas servem para deitar areia para os olhos dos portugueses.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

antonio costa

António Costa

06-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Serei o primeiro primeiro-ministro que será no país aquilo que cada presidente de câmara é em cada um dos seus concelhos: um primeiro-ministro próximo e solidário para as suas populações.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

rui tavares

Rui Tavares, cabeça de lista por Lisboa do Livre/Tempo de Avançar

Lusa, 07-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Este Governo desestruturou a reinstalação de refugiados que era feita, descentralizou-a, não dá formação à segurança social, não tem feito nenhuma espécie de acompanhamento centralizado deste tema.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

garcia pereira

Garcia Pereira, cabeça de lista do PCTP/MRPP por Lisboa

07-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

[A Justiça está] ao serviço da extrema-direita. (…) Arquiva ou absolve em casos como o Portucale, dos submarinos e contrapartidas, viaturas [blindadas] Pandur, da dívida pública da Madeira [por exemplo, e,] quando se trata de arguidos da esquerda, mesmo que da esquerda formal, atua da forma que atua.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

eurico figueiredo

Eurico Figueiredo, cabeça de lista do Partido da Terra pelo Porto, que iniciou uma greve de fome por alegadamente a Segurança Social lhe dever mais de três mil euros, resultante de uma penhora ilegal

07-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Este é um Estado delinquente que quero denunciar e garantir que, se for eleito deputado, vou ser intransigente e transformar um Estado delinquente num Estado de bem.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

catarina martins

Catarina Martins

SIC-Notícias, 08-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

O dr. Paulo Portas é um belíssimo ilusionista da política.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

paulo portas

Paulo Portas

SIC-Notícias, 08-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Não trate os outros como ilusionistas, ilusão foi o que aconteceu na Grécia e a prova dos nove está feita.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

pedro passos coelho

Pedro Passos Coelho

RTP/SIC/TVI, 09-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

O doutor António Costa não se livra da ideia de se apresentar com as mesmas ideias do passado, as de José Sócrates.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

antonio costa

António Costa

RTP/SIC/TVI, 09-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

O engenheiro José Sócrates está agora em melhores condições de fazer um debate consigo. Porque é que não o visita lá em casa já que tem saudades de debater com ele? (…) Mas agora terá de debater comigo, porque sou eu o seu adversário.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

antonio costa

António Costa

RTP/SIC/TVI, 09-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Primeiro o senhor quis a ‘troika’. A ‘troika’ está cá a vosso pedido.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

pedro passos coelho

Pedro Passos Coelho

RTP/SIC/TVI, 09-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

É uma absoluta mistificação da parte do PS dizer que a ‘troika’ veio para Portugal por força do PSD. Isso é ridículo.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

joana amaral dias

Joana Amaral Dias, cabeça de lista do Lisboa do Agir

10-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

[O debate televisivo entre Pedro Passos Coelho e António Costa foi uma] espécie de luta de galos.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

rui tavares

Rui Tavares, fundador do Livre e cabeça de lista por Lisboa

Lusa, 10-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Dar a mão à direita está completamente fora de questão, a nossa missão é pôr a direita na oposição e que ela fique lá muito tempo.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

antonio costa

António Costa

10-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

A coligação PSD/CDS está na prisão de se ter enganado e de ter traído os compromissos que assumiu com os portugueses.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

paulo portas

Paulo Portas

10-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Doutor António Costa, não insulte a inteligência dos portugueses nem despreze o sofrimento de tantas famílias.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

pedro passos coelho

Pedro Passos Coelho

10-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Aqueles que pensam que estivemos de faxina para lhes facilitar o regresso [do PS], estão enganados (…). Preparem-se bem, porque aqui mora muita força, muita determinação, muitas ideias e muito futuro para Portugal.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

garcia pereira

Garcia Pereira, cabeça de lista por Lisboa do PCTP/MRPP

Lusa, 11-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Nesta unidade que defendemos estão mais forças políticas do que apenas forças de esquerda. Podem estar forças conservadoras, desde que sejam democráticas e patrióticas.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

jeronimo de sousa

Jerónimo de Sousa

Lusa, 11-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

Nestas coisas, não basta parecer, é preciso ser… e ser de confiança passa, necessariamente, por demonstrar que se quer exercer o poder para executar uma política diferente, que consideramos fundamental, patriótica e de esquerda.

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

pedro reis

Pedro Reis, coordenador da parte económica do programa eleitoral da coligação PSD/CDS

Rádio Renascença, 11-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

O primado das Finanças está, espero eu, para trás. Tudo estava condicionado aos imperativos do rigor extremo e da austeridade máxima

[/col]

[/row]

[row cols_nr=”2″]

[col size=”3″]

catarina martins

Catarina Martins

Diário Económico, 11-09-2015

[/col]

[col size=”9″]

A ideia de que, em Portugal, só se governa com maioria absoluta é profundamente anti-democrática (…) É uma espécie de cheque em branco.

[/col]

[/row]

Comentários

topo