Vila Verde

Junta de Prado pede “milícias” para apanhar vândalos que estão a destruir património pradense

Partilhe esta notícia!

A Junta de Prado, através do presidente Paulo Gomes, autarca pradense, lamenta sucessivos atos de vandalismo que destroem património mobiliário público no centro da Vila do Prado.

Um dos alvos de vandalismo tem sido as casas de banhos públicas da vila, nomeadamente as situadas no Largo São Sebastião. Situação esta que levou ao encerramento do WC público por tempo indeterminado.

“Esta medida foi tomada em após sucessivos atos de vandalismo, que implicam a necessidade de reparações constantes e consequente dispêndio de fundos do erário público”, afirma Paulo Gomes através da página de facebook da junta.

Daí que o presidente peça à população para que “não fique indiferente e denuncie os perpetradores destes atos inqualificáveis”. “Atos que direta ou indiretamente causam prejuízo a todos os pradenses”, sublinha Paulo Gomes.

Comentários

topo