Póvoa de Lanhoso

Manuel Baptista quer baixar IMI a 1700 famílias na Póvoa de Lanhoso

O Presidente da Câmara da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, vai apresentar em reunião de Câmara uma proposta que visa baixar o IMI a famílias com dependentes. Esta iniciativa poderá beneficiar perto de 1700 agregados familiares Povoenses.

Esta medida, que surge no seguimento de uma estratégia transversal de apoio às famílias Povoenses através de diferentes respostas, vai permitir oferecer melhores condições para que as pessoas com filhos escolham este concelho para viver e vai incentivar a natalidade.

“Esta é uma decisão que complementa as várias medidas que temos de incentivo à natalidade e à fixação de população no concelho. Apesar de ser uma opção do município proposta pelo Governo, entendemos que a mesma é muito importante e vem ao encontro das correções que sempre defendemos na sequência das alterações da nova legislação que atualizou os valores dos prédios. A autarquia cumpre assim o seu papel social, abdicando de alguma receita, mas apoiando centenas de famílias Povoenses”, refere o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Baptista.

Medida da Câmara Municipal pode abranger perto de 1700 agregados com dependentes

Para o autarca da Póvoa de Lanhoso, “medidas como esta podem inverter a tendência a que assistimos ao longo de muitos anos de diminuição da natalidade”. Certo é que com esta decisão, a Câmara Municipal ajuda as famílias a reduzirem as suas despesas com a habitação, libertando esses valores para outras necessidades dos agregados.

Esta redução do IMI vem juntar-se, por exemplo, ao programa NaturaLanhoso, que também se destina a promover a natalidade ao mesmo tempo que incentiva o consumidor a fazer as suas compras no comércio local. O subsídio de apoio às rendas, as bolsas de estudo, o apoio social escolar, os transportes escolares, os cartões municipais, os centros de convívio, a Loja Social, o serviço para a promoção da igualdade de género, de entre muitas outras respostas, são medidas em implementação pelo município e que fazem com que a da Póvoa de Lanhoso seja uma das Autarquias Mais Familiarmente Responsáveis do país (distinção atribuída pelo Observatório das Famílias Numerosas) há cinco anos consecutivos.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo