Vila Verde

Assalto ao quiosque do Pingo Doce terá sido estudado ao detalhe

Partilhe esta notícia!

Tudo aponta para que assalto da madrugada de quarta-feira passada ao “Pingo´s Quiosk”, em Vila Verde, tenha sido estudado ao detalhe.

Segundo fonte próxima do processo de investigação, e em declarações ao Vilaverde.net, os assaltantes mal entraram no quiosque, vindos do telhado, dirigiram-se logo a um quarto de arrumos onde estava uma escada.

entraram pelo telhado do Pingo Doce, com acesso directo à loja

“Os assaltantes, aparentemente dois homens e completamente tapados, entraram pelo telhado do Pingo Doce, com acesso directo à loja. De imediato foram aos arrumos e pegaram na escada que lá estava, colocaram-na em cima do balcão e começaram a esvaziar a loja”, indicou a mesma fonte.

O valor do prejuízo, que ascende os 80 mil euros, não estará, e segundo fonte do Vilaverde.net, totalmente coberto pelo seguro.

As suspeitas de que o assalto tenha sido previamente planeado ao detalhe aumentam, levando a uma primeira conclusão de informações privilegiadas pelos assaltantes. Até porque, e no dia anterior ao assalto, o estabelecimento recebeu uma encomenda de “raspadinhas” e tabaco de valor aproximado de 40 mil euros.

Agiram com calma e estavam seguros do que estavam fazer naquele momento

Assaltantes estiveram duas horas no interior do quiosque
O furto terá sido iniciado pelas duas horas da manhã e durou até às quatro. “Agiram com calma e estavam seguros do que estavam fazer naquele momento”, indica fonte do Vilaverde.net.

Raspadinhas, tababaco e até mochilas, foram retiradas pelo telhado pelos larápios. A análise às gravações das câmaras exteriores revelaram-se infrutíferas, devido em grande parte ao mau tempo que se fazia sentir nessa madrugada.

A Polícia Judiciária está com o caso.

Comentários

topo