Vila Verde

Cemitério de Cabanelas assaltado

Partilhe esta notícia!

O cemitério da freguesia de Cabanelas, concelho de Vila Verde, foi alvo de assalto. Dezenas de campas viram desaparecer vários objetos, inclusive estatuetas em bronze no valor de 300 euros cada uma. Segundo o presidente da junta de freguesia de Cabanelas, António Esquível, o assalto terá ocorrido na madrugada de domingo, no entanto só ao final do dia é que as primeiras queixas começaram a chegar.

Como não houve missas e as pessoas foram para o procissão do Alívio, apenas se começou a dar por ela ao final do dia

“Como não houve missas e as pessoas foram para o procissão do Alívio, apenas se começou a dar por ela ao final do dia”, conta o autarca. Os assaltantes concentraram-s na parte debaixo do cemitério.

A GNR está a tentar tirar impressões digitais

“Levaram muitos lampadários. Dois até ficaram no chão esquecidos. A GNR está a tentar tirar impressões digitais desses”, conta António Esquível. No total são pelo menos oito lampadários. “Nem os mortos respeitam”, diz José Pereira, que ali foi visitar amigo falecido.

Segundo o presidente da junta, o cemitério, e face aos assaltos, vai passar a ter horário. “Eu sei que eles quiserem arranjam outra forma de entrar, mas temos que fazer alguma coisa. Vai passar a ter horário e alguém vai abrir e fechar o cemitério”, indicou o presidente da junta.

GNR de Prado tomou conta da ocorrência.

Comentários

topo