Vila Verde

PS visita Casa do Povo de Ribeira do Neiva

Partilhe esta notícia!

Uma discriminação positiva nos apoios a instituições de solidariedade social situadas no interior rural e envelhecido foi uma das propostas recolhidas pela Candidatura do PS/Braga à Assembleia da República no Círculo de Braga durante a visita à Casa do Povo de Ribeira do Neiva, em Vila Verde. A proposta foi assumida pela diretora técnica, que proporcionou um contato com as várias valências da instituição, designadamente no apoio aos idosos e na área educativa.

não se entende que seja estipulada uma comparticipação do Estado igual para realidades tão diferentes

Para os responsáveis da Casa do Povo de Ribeira do Neiva, «não se entende que seja estipulada uma comparticipação do Estado igual para realidades tão diferentes», o que justificaram com o exemplo do Serviço de Apoio Domiciliário, disponibilizado a «38 utentes separados entre si por grandes distâncias», o que acarreta muito maiores encargos para instituições rurais se comparados com os das urbanas.

Igual atitude assumida relativamente ao Rendimento Social de Inserção (RSI), uma vez que «cem agregados familiares em Braga não são a mesma realidade que cem agregados em Vila Verde».

Joaquim Barreto, Hugo Pires, Luís Castro, Deolinda Pimenta e Lídia Soares foram os candidatos a deputados pelo PS que acompanharam Manuel Caldeira Cabral, o cabeça de lista, que dialogou com idosos e elogiou o trabalho que ali é feito em prol dos mais necessitados.

Manuel Caldeira Cabral lembrou algumas das propostas que integram o programa de Governo do PS, que privilegiam o «combate à pobreza de crianças e jovens», a «reposição da proteção no Complemento Solidário para Idosos» e a dignificação do RSI, «repondo a sua eficácia como medida de combate à pobreza extrema».

cprn2

Comentários

topo