Amares

“CPCJ e a Escola: uma articulação de proximidade” passou por Amares

Partilhe esta notícia!

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco de Amares (CPCJ), em parceria com a Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco (CNPCJR), organizou no Salão Nobre da Câmara de Amares ação de formação, dirigida a professores titulares, diretores de turma e educadoras de infância, subordinada ao tema: “A CPCJ e a Escola: uma articulação de proximidade”.

Preocupada com a qualidade da parceria que mantém com o Agrupamento de Escolas de Amares, a CPCJ de Amares, numa lógica de complementaridade e de reforço da estreita articulação entre os membros da comissão, professores e comunidade escolar, achou pertinente realizar uma sessão/espaço de debate onde fosse possível abordar temáticas como: os maus-tratos; o dever ético e moral de sinalizar as crianças e jovens em situação de risco; a desmistificação da “sinalização”; o papel das CPCJ e o papel da escola como agente primordial na prevenção, entre outros.

O momento de abertura contou com a presença do presidente da Câmara, Manuel Moreira; da vereadora da Ação Social, Cidália Abreu e do diretor do Agrupamento de Escolas de Amares, Pedro Cerqueira.

Quanto à sessão de formação, foi dinamizada pelas técnicas Sara Teixeira e Emília Pedrosa da CNPCJR e pela presidente da CPCJ de Amares, Cidália Antunes.

DSC05765

Comentários

topo