Vila Verde

“Alves” partilham palavras que para Mara têm sentidos diferentes

“Quando falo na candidatura agregadora e abrangente refiro-me aos apoios que tenho tido”, diz Mara Alves, candidata à JSD de Vila Verde, que desta forma justifica as mesmas palavras que Carlos Tiago Alves, o outro candidato “jota”,  apresentou  quando lançou “Sentir Vila Verde”.

“A candidatura à JSD Sentir Vila Verde apresenta-se como uma equipa agregadora, abrangente e representativa da realidade de todos os Jovens e freguesias vilaverdenses”, destacou a bold Carlos Tiago Alves no lançamento da campanha.

Ontem, e depois da apresentação de mais dois apoios de Ribeira do Neiva, Mara Alves utilizou as mesma palavras para reforçar a campanha.  “Que assim se juntam a nós para ajudar a construir uma jota cada vez mais agregadora e abrangente”, escreveu Mara Alves.

Abordada pela Vilaverde.net pela coincidência, a candidata explica que tem recebido apoios um pouco por todo concelho daí a utilização das mesmas palavras. “Dos cinco núcleos da JSD de Vila Verde, tenho o apoio de três. Também tenho recebido apoios de militantes de outros núcleos. Ainda me falta reunir com Oriz, que ainda não manifestou qualquer intenção de apoio nem a mim nem à outra candidatura”, frisa Mara Alves.

A candidata mantém as críticas a Carlos Tiago Alves, para quem a necessidade de “agregação” e “abrangência” se limita à concelhia da JSD de Vila Verde. “Daí as minhas críticas, pois  considero que a JSD tem sido nos últimos anos, até pelos quadros que tem lançado e pelos feitos alcançados, muito agregadora e abrangente”, destaca Mara Alves.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo