Destaque

GNR recupera ouro roubado

Partilhe esta notícia!

O Comando Territorial de Braga da Guarda Nacional Republicana informou esta noite de segunda-feira, através do Núcleo de Investigação Criminal da Póvoa de Lanhoso, a constituição de dois arguidos, de 30 e 37 anos de idade, residentes em Póvoa de Lanhoso, sem profissões definidas, suspeitos do assalto no interior de uma residência, em Santo Emilião, Póvoa de Lanhoso.

“O assalto verificou-se na sexta feira passada, dia 4 de dezembro, através do escalamento de uma janela, forçada para o efeito, tendo sido furtados vários objetos em ouro avaliados em 12 000 euros, destacando-se fios, pulseiras, brincos, anéis e relógio”, informou a GNR.

Na sequência de diligências efetuadas os dois arguidos foram intercetados pela Guarda quando circulavam em Santo Emilião, localidade onde haviam praticado o ilícito. O automóvel em que seguiam foi alvo de busca tendo-se recuperado praticamente todos os objetos em ouro referidos, que serão brevemente restituídos aos seus legítimos proprietários.

Continuam as diligências de investigação com vista à recuperação de quantidade muito residual de peças de ouro ainda em falta.

Comentários

topo