Destaque

“Esta é uma lista para servir e não para ser servido”, diz Carlos Braga

Candidato da lista A à direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Vila Verde (BVVV), Carlos Braga, homem que se diz “experiente” e “trabalhador”, afirma que a campanha “está a correr bem”. “Temos sido muito bem recebidos e acredito num bom resultado eleitoral”, refere o candidato e atual presidente da direção dos BVVV.

Carlos Braga afirma que a lista que lidera é credível de gente honesta e séria. “As pessoas que me acompanham falam por si. Queremos dar continuidade ao trabalho desenvolvido. Aliás, trabalho e mais trabalho em prol dos vilaverdenses, da população e comunidade. Essa é a nossa forma de estar. Andamos aqui para servir e não para ser servidos”, destaca Carlos Braga.

De resto, e face a algumas polémicas levantadas ao longo do último mandato, Carlos Braga não tem problemas em apontar responsabilidades ao comando dos BVVV. “Todos esses casos estão relacionados com o comando. Não me sinto responsável pelo que acontece no comando”, afirma, revelando que a direção teve conhecimento destes e levantou inquéritos.

Quanto a futuro, Carlos Braga diz que “os vilaverdenses podem contar com a habitual dedicação”. “De forma a garantir a continuidade de boas condições internas a quem faz do voluntariado uma bandeira e serviços de excelência a quem precisa dos bombeiros.  Queremos o melhor para Vila Verde e para os vilaverdense e isso só é possível com a lista A. O manifesto da lista A é um manifesto que por si prova a disponibilidade das pessoas que me acompanham”, vaticina.

As eleições para os órgãos Sociais da Associação Humanitária dos BVVV decorrem no dia 19 de dezembro.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo