Braga Destaque Região

Braga: fraude ao Serviço Nacional de Saúde

Redação
Escrito por Redação

Foram detidos pela Polícia Judiciária um médico e duas farmacêuticas por burla ao Estado, corrupção, falsificação de receituário e falsidade informática

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, no âmbito de um inquérito dirigido pelo Ministério Público – DIAP do Porto, relacionado com a investigação de fraudes ao Serviço Nacional de Saúde, identificou e deteve um homem e duas mulheres por crimes de burla qualificada ao Estado, corrupção, falsificação de documento agravada e falsidade informática.

No decurso da operação foram realizadas buscas em duas farmácias, situadas no distrito de Braga, e detidos um médico e duas farmacêuticas, procedendo-se ainda à recolha de prova relacionada com a prática da atividade criminosa em investigação.

De acordo com os elementos indiciários já obtidos, o esquema fraudulento envolvia a faturação para fins de comparticipação, atribuída de modo enganoso com recurso a receituário e prescrições médicas falsas, pela venda fictícia de medicamentos.

O montante da fraude já apurado ascende a cerca de um milhão de euros numa das farmácias e a cerca de cento e oitenta mil euros na outra.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado sujeitos às medidas de coação de proibição de contactos entre os mesmos, proibição de ausência dos arguidos para o estrangeiro, suspensão de atividade e gerência das farmácias, prestação de cauções e apresentações periódicas no posto policial de residência.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação

Deixar um comentário