Amares

Câmara de Amares lança “Cartão Municipal Sénior” para ajudar grupos etários mais vulneráveis

Partilhe esta notícia!

O Município de Amares deu mais um importante passo no cumprimento das políticas sociais da Autarquia, lançando o “Cartão Municipal Sénior”. Esta medida tem como finalidade permitir às pessoas com idade igual ou superior aos 65 anos usufruir de descontos em bens e serviços de equipamentos municipais, comércio local, clínicas de saúde e bem-estar, bem como em diversas atividades lúdicas e desportivas, entre outros setores.

Na apresentação pública do “Cartão Municipal Sénior”, que decorreu ontem à noite no Salão Nobre dos Paços do Concelho, foram assinados os protocolos de colaboração entre o Município de Amares e os agentes locais que aderiram a este projeto, bem como apresentados os benefícios de uma adesão ao respetivo cartão.

O presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, congratulou-se com o lançamento desta medida, dizendo que o objetivo deste cartão “é oferecer benefícios aos idosos e ao mesmo tempo contribuir para a dinamização da economia local”.
Reconhecendo o contributo das 23 empresas que, até ao momento, já se associaram a esta iniciativa permitindo alargar o leque de descontos a oferecer, variáveis entre os 10 e os 25 por cento, o autarca deixou uma palavra de agradecimento e, simultaneamente, de incentivo para que outros agentes locais adiram.

“Este novo instrumento social do Município de Amares trata-se de uma parceria efetivada entre a Autarquia e a sociedade civil, que vai permitir transformar Amares num concelho mais solidário, possibilitando aos aderentes auferir de descontos em percentagem variável nos mais variados serviços”, começou por referir Cidália Abreu, a vereadora da Ação Social do Município, congratulando-se também com a adesão a esta medida.

Na opinião da vereadora, os apoios sociais “assumem particular importância perante o panorama atual em que se encontra uma larga percentagem da população nomeadamente a terceira idade que tantas vezes é afetada por dificuldades financeiras, muitas vezes relacionadas com as baixas reformas, e que impedem a aquisição de bens e serviços” e, por esse motivo, “constitui uma preocupação do atual executivo camarário a promoção da qualidade de vida de todos os munícipes, particularmente, dos mais idosos”.

Tendo por base este pressuposto, o Município de Amares tem adotado uma série de medidas destinadas a apoiar as pessoas que se encontram em situação de maior vulnerabilidade. Para tal, em meados de 2014 aprovou-se o regulamento do “Cartão Municipal Sénior” que constitui no entender do executivo municipal um fator de desenvolvimento social, contribuindo para a dignificação e melhoria de condições de vida desta população, explicou a vereadora da Ação Social.

Desde que foi implementada, esta medida já contemplou cerca de 200 pessoas no apoio à medicação e o executivo municipal entendeu que com a introdução de outros benefícios ao respetivo cartão traria mais vantagens à população concelhia.
“Convidámos as entidades locais a apresentarem as suas propostas de adesão e muitos já se juntaram a nós. Importa ressalvar que qualquer entidade que não o tenha feito mas que venha a considerar importante associar-se a esta causa está sempre a tempo de o fazer”, explicou Cidália Abreu.

A adesão por parte das entidades não acarreta quaisquer encargos financeiros, além do respetivo desconto oferecido aos titulares do cartão. Para aderir ao “Cartão Municipal do Idoso”, as pessoas interessadas, e com idade igual ou superior aos anos 65 anos, deverão dirigir-se aos serviços municipais para preencher o respetivo requerimento, fazendo-se acompanhar da documentação necessária (cartão do cidadão, atestado de residência e duas fotografias tipo passe).

O Município de Amares agradece a todas as entidades que se associaram a esta iniciativa e lembra que esta faixa etária tem merecido especial atenção por parte do executivo camarário. Exemplo disso, são também algumas das atividade organizadas, anualmente, pela Câmara Municipal de Amares, em parceria, com outras entidades concelhias, para proporcionar alguns momentos de confraternização aos seniores de Amares e de concelhos limítrofes. A preocupação com a população idosa está também patente no apoio que é prestado pelo fisioterapeuta da Câmara Municipal de Amares a diversas instituições do concelho, que abrange, semanalmente, cerca de 200 a 300 pessoas, em parceria com o projeto Luz de Presença, da Valoriza.

Comentários

topo