Destaque

CPCJ de Vila Verde quer afastamento de deputado municipal do PSD da comissão alargada

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Vila Verde quer o afastamento de deputado municipal do PSD, João Manuel Lopes Graça, da comissão alargada da CPCJ. Segundo fonte do Semanário V na CPCJ, a situação está relacionada com as sucessivas faltas deste deputado municipal às reuniões desta comissão vilaverdense que se dedica a crianças e jovens em risco.

“Os mesmo ultrapassaram largamente o número de faltas às reuniões da comissão alargada”, justifica a CPCJ que enviou documento ao presidente da Assembleia Municipal (AM) de Vila Verde e que sobe a plenário para discussão no próximo dia 29 de fevereiro em reunião da AM.

Segundo o número um do artigo sétimo da CPCJ de Vila Verde, “se o representante de uma entidade faltar injustificadamente três vezes consecutivas ou cinco intercaladas às reuniões da comissão alargada, perde o seu mandato e o presidente solicita à referida entidade que nomeia um substituto como membro”, lê-se no regulamento que disciplina a CPCJ.

Para além da ausência “alargada” de João Graça, também o membro indicado pela CDU, Maria Amélia Silva Lopes, está nas mesmas condições que o deputado laranja.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo