Braga

Tribunal de Matosinhos deixa em liberdade quatro suspeitos de dezenas de assaltos em Braga

Partilhe esta notícia!

O juiz de instrução criminal no Tribunal de Matosinhos ordenou hoje apresentações diárias em posto policial aos quatro homens detidos em Santo Tirso, por suspeita de “dezenas” de assaltos a empresas, informou hoje fonte da GNR.

Segundo a fonte, os homens, todos estrangeiros, foram detidos pelo Núcleo de Investigação Criminal de Barcelos em flagrante delito, na quarta-feira, em S. Martinho do Campo, Santo Tirso, quando estavam a assaltar uma empresa têxtil.

São suspeitos de “dezenas” de assaltos a empresas nos distritos de Braga, Porto, Aveiro e Viseu, sendo os cofres os seus alvos preferenciais.

Na sequência das detenções, a GNR efetuou duas buscas domiciliárias em S. Tiago de Candoso, Guimarães, que resultaram na apreensão de uma viatura, uma soqueira, 16 telemóveis, cinco computadores portáteis, vários artigos informáticos, duas rebarbadoras, peças vestuário e cerca de 100 euros

“Sobre este grupo recaem fortes suspeitas da autoria de dezenas de assaltos a empresas nos distritos de Braga, Porto, Aveiro e Viseu, no interior das quais foram furtados milhares de euros, material de escritório e vestuário, entre outros artigos”, refere um comunicado da GNR.

Só na zona abrangida pelo Comando Territorial de Braga da GNR terão sido efetuados 16 assaltos.

Os detidos têm idades compreendidas entre os 23 e 31 anos.

Comentários

topo