Barcelos

Festa das Cruzes 2016 conta com Ana Moura, Blasted Mechanism, Miguel Ângelo & Miguel Gameiro e “Bamos às Cruzes” é novidade este ano

Foi hoje apresentado o programa da Festa das Cruzes 2016 pelo presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, pelo monsenhor Abílio Cardoso e pela vereadora da Cultura, Elisa Braga, no largo da Porta Nova, com muita música e animação à mistura.

A grande novidade apresentada é a iniciativa “Bamos às Cruzes” destinada aos mais jovens, a ter lugar na Alameda das Barrocas com uma oferta musical variada, desde a atuação de tunas e DJ’s às atuações de Quim Barreiros, Blasted Mechanism, Mastiksoul, Marcus, Rafman,  e conta com quatro noites temáticas: Noite Bacardi, Noite Cristalóptica, Noite Bai Tudo e Noite Super Bock.

O palco principal na Avenida da Liberdade terá como espetáculos grandiosos a atuação de Ana Moura, no dia 2 de maio, e de Miguel Ângelo & Miguel Gameiro, no dia 30 de abril. Mas não se fica por aqui, por este palco passarão espetáculos de grupos e artistas do concelho, numa lógica de promoção dos trabalhos artísticos desenvolvidos por quem é de Barcelos. A Câmara quer, assim, à semelhança do que acontece com outras iniciativas, dar oportunidade a quem tem valor de divulgar os seus projetos, pelo que decidiu apostar, mais do que nunca, nos talentos do concelho.

Com doze dias de festa, a Festa das Cruzes 2016 prima pela excelência do cartaz que apresenta, e pela diversidade cultural e musical.

E porque a tradição impera na realização da Festa das Cruzes, as arruadas dos Zés P’reiras, o folclore, as bandas filarmónicas e as rusgas minhotas, terão palco especial em todos os dias do programa das festividades.

É uma das maiores festas religiosas do país e este ano une na perfeição o popular, o tradicional e o religioso. São mais de 60 eventos, com mais participantes e mais música que vão fazer da Festa das Cruzes 2016 de Barcelos um momento único no país, atraindo nos doze dias do programa barcelenses e forasteiros.A Festa das Cruzes tem, ainda, outros momentos marcantes como a Batalha das Flores (dia 1 de maio, às 15h00), o fogo de artifício (fogo da ponte, no dia 30 de abril, às 00h00; fogo do Rio, no dia 2 de maio, às 00h00; fogo de encerramento, no dia 3 de maio, às 23h30), a feira franca e o extenso parque de diversões instalado no Campo da Feira e recinto anexo, bem como a animação permanente um pouco por toda a cidade. Mas o ponto alto está marcado para 3 maio, dia consagrado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz, que junta na cidade as 89 cruzes das 89 paroquias numa procissão única.

Na apresentação do programa da Festa das Cruzes, o Presidente da Câmara de Barcelos considerou que este programa “une na perfeição a tradição, o religioso e a cultura que existe em Barcelos”.  Miguel Costa Gomes enalteceu a “colaboração de dezenas de associações do concelho e o trabalho de todos os que contribuem para a elaboração do programa da Festa das Cruzes como uma das melhores do país”.

Por fim, o Presidente da Câmara referiu que “foi criado um programa divertido e popular, não esquecendo a juventude, à imagem do concelho, que, no final, irá satisfazer a população e quem visitar Barcelos ao longo dos doze dias da festa”.

Abílio Cardoso, prior de Barcelos, referiu-se à Festa das Cruzes – que celebra o milagre das Cruzes ocorrido em 1504 – como um elemento da identidade de Barcelos e dos barcelenses, que resiste à passagem do tempo.
O prior de Barcelos salientou duas das novidades que vão acontecer na Grandiosa Procissão da Invenção da Santa Cruz, no dia 3 de maio, “onde o  Ano Jubilar irá ter um grande destaque e também a Bíblia de Barcelos que será apresentada à população”.

Foto: DR 

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo