Destaque

Ovo na Ponte de Prado espera atrair milhares de pessoas

A centenária Ponte de Prado prepara-se para ser para ser invadida por um mar de gente que, ano após ano, se desloca à Vila de Prado para cumprir a tradição do Ovo na Ponte. Uma tradição que tem resistido ao desgaste do tempo e faz parte do imaginário dos habitantes da vila que se ergue na margem do Cávado, bem como de freguesias e concelhos limítrofes.

“Aquele que, à meia-noite do dia de Páscoa, sobre ela comer um ovo cozido, passará todo o ano sem ser acometido de dores de cabeça”, reza a lenda. Diz a voz do povo que as cascas do ovo devem ser lançadas sobre o leito do Rio Cávado para que se cumpra a profecia popular.

Com ou sem superstição, a verdade é que os ovos cozidos tomaram conta do tabuleiro da ponte, tradicionalmente acompanhados com champagne. A ocasião é de festa e celebração, uma tradição suis generis que dá o mote para momentos de alegria e confraternização, encontros de velhos amigos e conversas que se estendem pela noite dentro.

Apesar de a mitologia dar um encanto especial ao momento, a tradição ganhou verdadeiros alicerces nos momentos de partilha e convívio que se vivem entre os presentes. A Junta de Freguesia da Vila de Prado assegura este ano a melhoria da iluminação geral da ponte, uma medida que pretende fomentar o convívio e melhor receber todos os que neste dia nos brindarem com a sua presença.

O presidente da autarquia pradense, Paulo Gomes, sublinhou que é fundamental manter bem vivas estas tradições, que representam a idiossincrasia e a identidade do povo pradense, assumindo-se, em simultâneo, como um momento por excelência para estreitar laços e fomentar o espírito de união entre a comunidade. Por outro lado, afigura-se também como um veículo de divulgação e promoção da freguesia e do concelho de Vila Verde, um elemento diferenciador que valoriza o território e o distingue pela positiva em relação aos demais.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo