Cultura

Faleceu João Lopes da Costa “Calvário”

O concelho de Vila Verde está mais pobre com a partida de João Calvário. Assim era conhecido o exímio tocador de cavaquinho, antigo barbeiro de Vila Verde, que faleceu esta madrugada de quinta-feira.

João Lopes da Costa teve uma vida ativa muito ligada à cultura e tradições do concelho. O funeral realiza-se esta sexta-feira, às 13:00 horas, na antiga Igreja Matriz de Vila Verde (Igreja da Carvalhosa).

João Calvário, natural de Vila Verde, faleceu aos 80 anos. Numa homenagem promovida pelo Rotary Clube de Vila Verde, e numa das últimas entrevista concedidas, Calvário confessou ao jornalista Nuno Cerqueira,  que “ensinei Vila Verde a tocar cavaquinho”.

Nuno Vilela, presidente dos rotários de Vila Verde, destaca um homem que era a fonte de informação de Vila Verde e que foi fundador de grupos folclóricos.

“Ensinou muita gente e foi responsável por grande parte do mundo etnográfico de Vila Verde”, disse Nuno Vilela.

Na altura da homenagem, também José Morais, presidente da Associação Empresarial de Vila Verde (AEViVer) e vereador, destacou o facto de João “Calvário” ser um dos mais antigos comerciantes de Vila Verde.

“Fez parte da história empresarial desta região, não só enquanto barbeiro, mas também enquanto homem que dinamizou a cultura e etnografia de Vila Verde “, disse.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo