Braga

Sucesso do projeto ´Braga a Sorrir´ serve de exemplo para outros Municípios

Manuel Pizarro, vereador da acção social da Câmara do Porto, visitou esta segunda-feira as instalações do Centro de Apoio à Saúde Oral do projecto ´Braga a Sorrir´, localizadas nas antigas instalações do Hospital de São Marcos. Vila Verde também já avançou com projeto de cariz social “dentivida”.

A visita, acompanhada por Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, teve como intuito perceber mais detalhadamente os contornos da parceria pioneira estabelecida entre o Município e a Organização Não Governamental (ONG) ‘Mundo a Sorrir’, no sentido de replicar o processo na Cidade do Porto.

“Trata-se de um projecto que consideramos ser muito interessante, na medida em que vem preencher uma lacuna do Serviço Nacional de Saúde. Há uma reconhecida insuficiência na prestação de cuidados de saúde oral por parte dos serviços centrais. É muito interessante esta sinergia entre uma instituição da sociedade civil e a Autarquia para criar uma resposta à escala municipal para este grave problema, porque a saúde oral faz parte da saúde das pessoas e é essencial para a auto-estima e qualidade e vida dos cidadãos. Fiquei muito bem impressionado com o que vi e vamos levar a ideia para o Porto na tentativa de replicar o modelo”, afirmou Manuel Pizarro.

Por seu turno, Ricardo Rio sublinhou que este é programa que ´muito orgulha´ o Executivo Municipal e que está, até ao momento, a registar resultados ´manifestamente acima das expectativas´. “Face ao sucesso desta iniciativa inovadora, que contempla ainda uma vertente de prevenção e promoção da saúde oral junto de crianças e idosos, percebe-se que haja a intenção de outras Autarquias, a nível nacional, em tentarem replicar o projecto. Tal como nós próprios fazemos noutras áreas, os exemplos de boas práticas devem ser seguidos para benefício de todos os cidadãos”, referiu.

O lançamento do projecto ´Braga a Sorrir´ decorreu há sensivelmente um ano. Como adiantou o Edil, a parceria com a ´Mundo a Sorrir´, uma instituição com créditos firmados e que ao longo dos anos tem realizado diversas iniciativas nacionais e internacionais na área da saúde oral, tem-se revelado ´extremamente frutífera´. “Nesta e noutras áreas, consideramos que é responsabilidade do Município continuar a colmatar lacunas e a aumentar o bem-estar dos munícipes, assumindo para isso uma postura proactiva, inovadora e ambiciosa e encontrando os parceiros certos para concretizar esse intento”, concluiu.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo