Destaque

Arguidos das “faturas falsas” de Vila Verde em silêncio

Arguidos do caso das faturas falsas de Vila Verde, que envolve dez empresários e oito empresas daquele concelho, remeteram-se ao silêncio, ontem no Tribunal de Braga.

O tribunal optou ainda por separar processos, em dois, de forma a evitar um megajulgamento. Recorde-se que a investigação foi levada a cabo pela Direção Distrital das Finanças de Braga em Vila Verde e em causa, como adiantado ontem pelo Semanário V, estão crimes de frauda fiscal que ascende aos 600 mil euros.

(Todo caso em exclusivo na próxima ediçào do Semanário V, 27 de março)

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo