Desporto

Projeto “Rede Desportiva Local em Vila Verde”

Decorreu esta manhã, dia 4 de maio, no salão nobre da Câmara de Vila Verde a apresentação do projeto “Rede Desportiva Local em Vila Verde” com principal incidência do Instituto Português de Desporto e Juventude (IPDJ) na região norte.

O início da sessão deu-se através do vereador do desporto, Patrício Araújo, que apontou desde logo para o forte investimento realizado nos últimos anos.

“Vila Verde só em novos equipamentos desportivos investiu cerca de cinco milhões de euros nos últimos anos”, começou  por dizer Patrício Araújo, chamando também atenção para os grande feitos, na conquista de medalhas que os atletas tem atingindo nos últimos tempos.

“Tivemos campeões nacionais na canoagem, no futebol, na pesca desportiva, no tiro, no trial, qualificamos para finais do campeonato do mundo, obtivemos medalhas de ouro nos jogos olímpicos esperanças e no último ano qualificamos mais uma vez, para participar nos jogos olímpicos. De facto o Município de Vila Verde é um dos poucos que se pode orgulhar deste feito e desta presença regular nas olimpíadas”, vincou.

O vereador do desporto, terminou o discurso a apelar às entidades para se associarem à rede implementada, que este momento conta com  10 entidades fundadores, a EPATV como coordenadora e a câmara na supervisão.

No seguimento da apresentação o coordenador técnico do projecto local, Óscar Lopes, apresentou um “slide” para explicar todo o processo da Rede e como tudo será posto em prática. Traçou o perfil geral da Rede e abordou os objectivos principiais no que diz respeito ao “nascimento” do projecto.

“Este programa não é mais que cimentar esta ideia através de uma Rede Desportiva Local. O conceito de rede torna o nosso processo mais robusto, porque temos mais entidades, mais conhecimento e mais recursos a interagir com o processo o que por si só dará melhores resultados”, frisou Óscar Lopes.

“Queremos acima de tudo crescer e que todos sejam envolvidos nisso, o objetivo passa por integrar, apoiar e estimular a atividade desportiva no concelho de uma forma geral”, disse, o diretor-geral da EPATV, João Luís Nogueira.

Já para o diretor Norte do IPDJ, Manuel Barros, que também marcou presença, apontou sobretudo para a taxa de sedentarismo em Portugal como a principal causa. “O desenvolvimento desportivo nacional tem como objetivo central incentivar a nova geração dos jovens à pratica desportiva, mas é de uma forma global aumentar a prática desportiva, reduzindo os 64% de sedentarismo que Portugal regista”, apontou Manuel Barros.

Por fim, António Vilela, presidente da Câmara de Vila Verde, começou por falar do programa que não olha a géneros “dos mais novos aos mais velhos” de forma a que “atinjam todos”. “Fiquei surpreendido com os números que o vereador do desporto nos apresentou, ou seja, um rácio de 4,5 metros quadrados de área desportiva por habitante, muito acima dos 2,2 da média nacional e dos 4 aconselhados pela UE”, finalizou António Vilela.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo