Destaque Vila Verde

Escola de Pedregais motiva queixas por parte dos encarregados de educação

Fernando André Silva

São já várias as queixas contra as infraestruturas da Escola Básica 1 (EB1) de Pedregais, que comporta as casas de banho no exterior da sala de aulas, motivando a que várias crianças tenham constipado durante o percurso entre a sala e as casas-de-banho.  “A minha filha esteve internada três dias com problemas respiratórios”, contou ao Semanário V, Graciela Machado, mãe de uma aluna que frequenta aquela escola, situada em Pedregais, na União de Freguesias de Ribeira do Neiva, e pertencente ao agrupamento escolar de Moure e Ribeira do Neiva. “As funcionárias ajudam a vestir os casacos, mas isso não é suficiente para resguardar as crianças”, acrescentou Graciela ao Semanário V, dizendo ainda que “isto é para acabar com as crianças”.

Alguns pais terão já contactado os responsáveis pelo Agrupamento Escolar de Moure e Ribeira do Neiva, que se demarcou da situação, remetendo a responsabilidade sobre as infraestruturas para a Câmara Municipal. Contactada pelo Semanário V, Júlia Fernandes, Vereadora responsável pela Educação em Vila Verde, explicou que o problema “está a ser resolvido pelos técnicos”. “É óbvio que os pais querem o melhor para os filhos”, argumentou Júlia Fernandes, explicando que “o município também quer o melhor para os alunos das escolas vilaverdense”, assegurando que as obras iniciarão brevemente para a construção de um muro que irá resguardar a passagem entre a sala de aulas e as casas-de-banho.

Já alguns pais não acham que a solução seja a construção de um muro, e pedem outro tipo de solução para garantir a qualidade exigida às escolas públicas do concelho de Vila Verde. “Um muro é remendar o problema, e não o irá resolver na totalidade”, disse ainda Graciela Machado sobre a solução apresentada pela autarquia.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista

Deixar um comentário