Destaque

Centro religioso em Soutelo evacuado depois de fuga de gás em camião cisterna

Centro Shoenstatt da Arquidiocese de Braga evacuado depois de fuga de gás em camião cisterna esta tarde de terça-feira em Vila Verde. A situação, e segundo foi possível apurar no  local, provocou um ferido, o próprio condutor do camião cisterna, queimado com gravidade no braço. Dentro das instalações, para além do condutor que procedia ao abastecimento de gás, estavam cinco pessoas, duas leigas consagradas que residem no Centro, e três fiéis que se encontravam a rezar na capela daquela associação.

Maria Peixoto, Carolina Carvalho e Georgina Monteiro, naturais de Braga, estavam no interior da capela e passaram momentos de grande aflição. “Estávamos na capela a rezar quando começamos a sentir o gás a entrar-nos pela boca dentro”, contou Maria Peixoto ao Semanário V, visivelmente assustada. Já Carolina Carvalho estava em estado de choque, preocupada ainda com a sua viatura que ficou estacionada no interior do local. “A polícia não me deixa tirar o carro e eu não sei o que fazer”, contou Carolina, por entre lágrimas. “Viemos de Braga para rezar e ter um pouco de tranquilidade, e acontece isto”, acrescentou Maria Peixoto.

Segundo declarações de Patrício Araújo, vereador da Proteção Civil da Câmara de Vila Verde, “a situação já se encontra controlada, e a circulação automóvel e regresso das pessoas às habitações irá proceder-se durante a próxima hora”. Segundo o vereador, as causas permanecem desconhecidos, confirmando a existência de um ferido ligeiro, o condutor do camião TIR.

No local, e para além, dos BVVV, estão Bombeiros de Amares, Bombeiros Voluntárias de Famalicão, Bombeiros Voluntários das Taipas, INEM, GNR de Prado e equipas da proteção civil.

(Notícia completa na próxima edição impressa do Semanário V, 11 de maio)

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo