Destaque

Município de Vila verde promove sessões de sensibilização ambiental

Partilhe esta notícia!

O Município de Vila Verde e o consórcio prestador do serviço de recolha de resíduos sólidos urbanos estão a realizar um conjunto de sessões de sensibilização ambiental com os alunos do 4º ano de todos os agrupamentos do concelho de vila Verde.

As sessões, destinadas a várias centenas de alunos do 1.º ciclo do ensino básico, visam sensibilizar crianças de tenra idade para a importância da adoção de hábitos e de estilos de vida saudáveis e potenciadores do equilíbrio ambiental. O Município de Vila Verde considera fundamental dar o seu contributo para que as crianças e os Vilaverdenses em geral compreendam que a Terra é um planeta frágil, que o aumento populacional e o crescimento económico criam uma pressão cada vez maior sobre os recursos e que o desenvolvimento sustentável é a única forma de gerir os recursos sem comprometer verdadeiramente as gerações futuras.

A realização destas sessões é uma das mais-valias do contrato de prestação privada do serviço de recolha de resíduos sólidos urbanos que se traduziu também e principalmente numa muito significativa redução das despesas que o Município de Vila Verde tem nesta sensível área de intervenção, ao mesmo tempo que, fruto do forte investimento que foi feito na aquisição de equipamentos de recolha e da maior agilização e alargamento dos percursos, proporcionou ganhos de termos de eficácia e de eficiência do serviço. Acresce referir ainda a colocação de contentores subterrâneos em pontos estratégicos das zonas urbanas, que permitem o depósito de resíduos a qualquer hora do dia, e o relevante facto de as novas viaturas serem bem menos poluentes.

O Presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela, considera que “é fundamental dar continuidade a uma forte aposta na realização de campanhas de sensibilização e de educação ambiental, tendo em vista a generalização do processo de separação, deposição e recolha de resíduos recicláveis, pois, desta forma, além de se estar a contribuir para uma maior sustentabilidade ambiental, está-se também a reduzir os gastos com o serviço de recolha de resíduos sólidos, uma vez que os resíduos que são separados e introduzidos nos respetivos ecopontos não têm qualquer custo para o município.”

O Edil frisa, também, que “o ambiente deve ser entendido como património comum a todos, logo, tem que ser preservado, valorizado e transmitido às gerações mais novas de modo a também poderem aspirar a uma boa qualidade de vida” e aduz que ”o desenvolvimento sustentável é a única forma de promovermos o bem-estar dos Vilaverdenses e de não comprometermos o futuro do território concelhio.”

Entre as estratégias de valorização ambiental do Município de Vila Verde pontuam a criação de condições para a concretização do princípio do poluidor-pagador, estimular o recurso crescente dos agentes económicos às tecnologias limpas e às energias renováveis/não-poluentes e criar novas dinâmicas de sensibilização e educação ambiental nas escolas.

Comentários

topo