Braga

ATAHCA assinou protocolo para subsidiar explorações agrícolas em Vila Verde

Partilhe esta notícia!

A ATAHCA assinou com a Autoridade de Gestão do PDR 2020, numa sessão com a presença do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas dos Santos, o Protocolo de Articulação Funcional, para a vigência de 2014 a 2020, onde estiveram presentes os 54 Grupos de Ação Local (GAL) do continente, que têm aprovado a DLBC Rural.

Este protocolo refere-se à aplicação e gestão da Medida 10 – Abordagem LEADER do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente no quadro do instrumento de Desenvolvimento Local de Base Comunitária que foram formalmente delegadas as competências que irão permitir a gestão das respetivas Estratégias de Desenvolvimento Local nos territórios rurais da zona de intervenção.

A ATAHCA tem como território de intervenção os municípios que compõem a NUT III Cávado (Terras de Bouro, Amares, Vila Verde, Braga, Barcelos e Esposende), sendo que nestes três últimos apenas consta parte do território como zona de intervenção.

Estão previstos comparticipações a beneficiários que apresentem candidaturas aos pequenos investimentos nas explorações agrícolas, à transformação e comercialização de produtos agrícolas, à diversificação de atividades nas explorações agrícolas, há cadeias curtas e mercados locais, à promoção de produtos locais e à renovação de aldeias.

A ATAHCA prevê abrir os primeiros concursos ainda durante o mês de junho.

Comentários

topo