Braga

Empresas querem recrutar todos os alunos de Informática da UMinho

Partilhe esta notícia!

Mais de vinte empresas portuguesas e multinacionais esperam recrutar na próxima semana cerca de 150 alunos finalistas e recém-licenciados da Universidade do Minho na área da Informática e Ciências de Computação. Os alunos vão ser aliciados, em muitos casos, a conciliarem o trabalho com a realização de teses de mestrado e doutoramento em ambiente industrial. Estas empresas participam de 13 a 15 de junho nas XIV Jornadas de Informática – JOIN’16, que decorrem no Complexo Pedagógico II do campus de Gualtar, em Braga. O evento inclui ainda diversas palestras, workshops e atividades culturais.

“Felizmente, não temos alunos que cheguem para os pedidos de emprego que temos recebido. A oferta formativa das licenciaturas e dos mestrados em Engenharia Informática e em Ciências da Computação regista uma situação de pleno emprego”, realçam os professores António Sousa e Vítor Fonte, do Departamento de Informática. “Isto deve-se à reputação dos cursos construída nas últimas décadas, ao dinamismo do tecido industrial e ao reconhecimento da qualidade e versatilidade dos profissionais aqui formados”, justificam.

Os recém-formados, apoiados pela UMinho, têm também protagonizado cada vez mais iniciativas empresariais próprias. “A sociedade está a ser sustentada nas tecnologias de informação, por isso a tendência é manter estes índices de procura e de dinâmica, mesmo face a um cenário económico mais desafiante”, acrescentam os docentes.

As JOIN’16 são promovidas pelos núcleos de estudantes das licenciaturas em Engenharia Informática (CESIUM) e Ciências da Computação (NECC), sob a coordenação do Departamento de Informática. O programa dedica o dia 13 à Intelligent Cloud, o dia 14 à Segurança Digital e o dia 15 às Tecnologias na Saúde. Esta edição junta pela primeira vez as sessões técnicas com as de jobshop. Na prática, todas as empresas participam ativamente no programa, apresentando pelo menos uma comunicação de cariz técnico e, no final dos dias, têm sessões pitch de 10 minutos para seduzirem os alunos com as suas propostas de emprego.

As Jornadas abrem já este sábado, dia 11, às 10h00, com um encontro CoderDojo, o movimento mundial voluntário e sem fins lucrativos que inicia jovens dos 7 aos 17 anos na programação informática e desenvolvimento de pequenas aplicações. As JOIN’16 têm apoio de entidades como a Ano Software, BSolus, Farfecth, Blip, Critical Manufacturing, Eurotux, IT Sector, Outsystems, Vilt, Xpand iT, Wedo, Bosch Car Multimedia e Accenture. O site oficial é join.di.uminho.pt e facebook.com/joinuminho.

Comentários

topo