Cultura

Música, desporto e cultura no segundo dia das Festas de Santo António de Vila Verde

Partilhe esta notícia!

Nos primeiros dois dias das Festas Concelhias de Vila Verde em honra ao seu padroeiro, Santo António, a sede de concelho recebeu autênticos banhos de multidão. Visitantes e vilaverdenses a reponderem em massa ao repto lançado pelo Município e brindaram organização e artistas com belas molduras humanas. O dia de ontem, 10 de Junho, não foi exceção.

Em dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a programação não poderia ser mais eclética, com Rally Paper da Bullire a divulgar o património cultural e edificado do concelho, as provas desportivas (Corrida de Cavalos e Tiro ao Prato) que atraíram centenas de adeptos e os espetáculos musicais das Vozes de Sto António e do sobejamente conhecido artista Hugo Torres.

Um programa rico e diversificado que voltou a atrair milhares de pessoas ao concelho de Vila Verde.

Património, tradição, natureza e muita diversão
A tarde começou com uma aventura à descoberta do património e da tradição vilaverdense. O Rally Paper da Bullire contou este ano com a participação de 12 equipas, que embarcaram numa aventura que as levou ao encontro das deslumbrantes paisagens naturais tão características da região Minhota.

As charadas, jogos e quebra-cabeças compuseram o figurino e tornaram a prova mais interessante e divertida. Em simultâneo, decorriam em locais distintos do concelho dois eventos desportivos de grande envergadura.

A Prova de Sto António de Tiro aos Pratos trouxe até Vila Verde alguns dos mais hábeis praticantes da modalidade a nível nacional, numa competição disputada e emotiva, que fez as delícias dos amantes deste desporto.

Espetáculos musicais animaram o serão
Ao final da tarde, a música começou a tomar conta do recinto, com a semi-final do concurso de talentos Vozes de Sto António. A grande fina estava marcada para o início da noite e os júris não tiveram tarefa fácil, tal foi a quantidade de jovens talentosos a participar nesta competição.

De seguida, teve lugar a atuação do músico Hugo Torres, que voltou a provar o valor da prata da casa e a protagonizar um espetáculo musical de elevada qualidade, envolvendo a plateia do primeiro ao último tema. As festas têm ainda como atração diária o do Festival da Febra, uma tenda onde diversos espaços de restauração apresentam aos visitantes o melhor da gastronomia regional e o Espaço Jovem – After Party, que este ano regressa ao centro da vila e promete fazer as delícias da juventude (e não só), com música e animação pela noite dentro.

Comentários

topo