Braga

Braga reúne todas as condições para ser uma ´extraordinária´ Cidade Europeia do Desporto em 2018

Partilhe esta notícia!

Teve lugar ontem, dia 11 de junho, na Grande Nave do Parque de Exposições de Braga a acção de lançamento da candidatura de Braga a Cidade Europeia do Desporto 2018.

Numa iniciativa única, que juntou mais de três mil desportistas de todas as colectividades do Concelho de Braga – demonstrando a força e vigor associativismo desportivo local -, este momento marcou a entrega oficial da candidatura à obtenção do título de Cidade Europeia do Desporto. Para além de um desfile de modalidades desportivas, o evento contou com a exibição e performances de vários atletas, entre eles medalhados olímpicos, nas mais diversas modalidades desportivas.

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, este momento foi uma demonstração inequívoca do valor de Braga a nível desportivo. “Para lá de uma rede de infra-estruturas que cobre quase todas as modalidades, temos colectividades de excelência, milhares de praticante e técnicos e dirigentes de qualidade que fazem do Concelho uma referência no desporto nacional e além-fronteiras, com talentos que conquistam títulos nos maiores palcos mundiais. Braga distingue-se por ser ecléctica, inter-geracional e inclusiva. É uma Cidade do desporto para todos e com uma cultura desportiva que graça em toda a população e funciona como cartão-de-visita”, afirmou, garantindo que estão reunidos todos os requisitos para ser uma ´extraordinária´ Cidade Europeia do Desporto em 2018.

Por seu turno, Sameiro Araújo, vereadora do Desporto, sublinhou que ser Cidade Europeia do Desporto permitirá a Braga discutir e pensar o desporto de uma forma global, retirando ilações sob formas de evolução e crescimento sustentado e possibilitando a contínua afirmação de Braga no contexto nacional e mundial. “As políticas desportivas locais e nacionais, a recepção de eventos desportivos de grande magnitude, o estabelecer de protocolos de cooperação com federações desportivas nacionais, o eclectismo desportivo, a igualdade de género na oferta desportiva, o fomento do Desporto para Todos, a consagração do Desporto e da Actividade Física enquanto elementos preponderantes para a qualidade de vida de uma sociedade, serão factores fundamentais e estruturantes durante Braga – Cidade Europeia do Desporto 2018”, referiu.

Como explicou Nuno Santos, presidente do ACES Portugal (Associação Portuguesa das Cidades Europeias do Desporto), Braga já cumpriu os requisitos para ser aceite a candidatura, disputando o título com outra candidatura concorrente, no caso de Almada. Até final do ano, afirmou Nuno Santos, será comunicado o vencedor.

Até ao momento foram desencadeadas duas iniciativas de apoio a esta candidatura, nomeadamente com a concretização de um cordão humano com alunos de várias escolas da zona central da cidade, totalizando um percurso de cinco mil metros, alcançados com cerca de quatro mil alunos mobilizados, assim como a recolha de assinaturas para subscrição de Braga a Cidade Europeia do Desporto no ano de 2018.

Comentários

topo