Destaque

Escolas do Concelho de Vila Verde distinguidas com bandeira “Escola + Verde”

Partilhe esta notícia!

Decorreu ao longo das últimas duas semanas a entrega do galardão “Bandeira Verde” que distinguiu como “Escola + Verde” 14 estabelecimentos de ensino do concelho de Vila Verde. Esta distinção premeia as escolas que no decurso do ano letivo contribuíram, com as suas atitudes e experiências, para a proteção do ambiente e para a construção da sustentabilidade.

Todas as escolas galardoadas receberam a visita da Vereadora da Educação, Cultura e Ação Social, Júlia Rodrigues Fernandes, que fez questão de felicitar os envolvidos. “Agradecer a todos os alunos, professores, assistentes operacionais e restante comunidade envolvida, pelo excelente trabalho realizado em prol do ambiente”, disse.

Foram nove as escolas distinguidas com o certificado de Excelente Desempenho Ambiental e respetiva bandeira “Escola + Verde”, nomeadamente: EB Moure e Ribeira do Neiva, EB Ribeira do Neiva, EB/JI Freiriz, pertencentes ao Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva; EB Nº2 de vila Verde, JI Atães, JI Gême, JI Loureira, pertencentes ao Agrupamento de Escolas de Vila Verde; EB/JI Cervães e JI Oleiros, pertencentes ao Agrupamento de Prado.

Com o certificado de Bom Desempenho Ambiental e bandeira “Escola + Verde”, foram distinguidos cinco estabelecimentos de ensino: a EB Lage, o JI Codessal, do Agrupamento de Moure e Ribeira do Neiva; a EB Nº1 de Prado, do Agrupamento de Prado; a EB/JI Sande e JI Pico de Regalados, do Agrupamento de Vila Verde.

Para além destes prémios foram ainda atribuídos os 
diplomas de Escola com maior Poupança de Água do Concelho de Vila Verde (JI de Gême – Agrupamento de Vila Verde – 0,86 m3/aluno) e diploma de Escola com maior Poupança Energética do Concelho de Vila Verde (EB/JI Freiriz – Agrupamento de Moure e Ribeira do Neiva – 9,60 KW-h/aluno)

O diploma com maior quantidade de Tampinhas recolhidas foi para o 
JI de Oleiros – Agrupamento de Escolas de Prado -10,8 kg/aluno.

(Notícia completa na próxima edição impressa do V,  22 de junho)

Comentários

topo