Desporto

Profissionais que trabalham nos refeitórios escolares de Vila Verde receberam formação

Partilhe esta notícia!

Realizou-se no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Vila Verde, uma ação de formação denominada “Refeitório Saúde”, destinada às entidades parceiras do Município de Vila Verde responsáveis pela prestação do serviço de refeição nos estabelecimentos de ensino do pré-escolar e 1º ciclo e aos/ás manipuladores/as de alimentos.

A abertura da sessão, que contou com a presença de 60 participantes, ficou a cargo da Vereadora da Educação, Cultura e Ação Social, Júlia Fernandes, que salientou a importância da realização deste tipo de inciativas numa perspetiva de melhoria contínua do serviço prestado nos refeitórios. A aposta na formação destas profissionais, num domínio tão delicado tem sido uma prioridade para o Município. Salientou o trabalho que é realizado diariamente pelo serviço de Educação no acompanhamento in loco do fornecimento de refeições, ação que tem otimizado anualmente o funcionamento das cantinas.

As intervenções técnicas foram da responsabilidade de Carlos Teixeira, docente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, que abordou a temática abrangente das Boas Práticas de Higiéne e da Joana Silva, aluna da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação do Porto, cuja apresentação se centrou nas Capitações e Empratamento.

Autonomizar as operacionais na questão do controlo de temperaturas e na verificação quantitativa e qualitativa diária do processo de fornecimento de refeições, é fundamental para a otimização permanente do serviço. De igual modo, é fundamental dotar as pessoas que prestam este serviço de conhecimentos relativos às boas práticas de higiene pessoal, das instalações e equipamentos no que aos refeitórios concerne, sobre como aplicar alguns instrumentos de controlo de qualidade, bem como, e considerando a função educativa acumetida ao refeitório escolar, desenvolver conceitos relacionados com o atendimento e a comunicação com as crianças.

Os conceitos refeitório e saúde estão indubitavelmente associados e foi precisamente este princípio e esta prática que esta ação pretendeu consolidar.

Esta iniciativa, à semelhança de outras de igual teor que a autarquia vilaverdense realiza de forma regular, foi promovida no âmbito de um estágio curricular no serviço de Educação, por uma aluna da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação do Porto, Joana Silva, e teve como objetivo principal, sensibilizar e informar os vários intervenientes no processo de fornecimento de refeições, sobre a importância das questões da higiene pessoal e das instalações, bem como, sobre mecanismos de controlo de temperaturas, questões nutricionais e de empratamento.

Comentários

topo