Destaque

Frutos vermelhos, festas de Parada e Melhada do Feijão em destaque em Vila Verde

Partilhe esta notícia!

Vila Verde já fervilha de vida e prepara-se para receber de braços abertos o fim de semana prolongado que se avizinha. Quatro dias (12 a 15 de agosto) com um programa rico e variado, composto por três iniciativas que integram a programação alargada Na Rota das Colheitas do Município de Vila Verde.

A Mirtifrutos – Feira Nacional de Pequenos Frutos, em Vila Verde, o Arraial ao Emigrante, com malhada tradicional de feijão, na Loureira, e a animação tradicional, de Parada de Gatim, compõem um programa atrativo em que a gastronomia regional, a música popular, o folclore e outros traços idiossincráticos da cultura minhota aparecem em lugar de destaque.

Às iniciativas mencionadas juntam-se outros predicados, que fazem de Vila Verde um destino de eleição no fim de semana prolongado. A beleza das paisagens naturais, a riqueza do património edificado, as gentes hospitaleiras e os preços especiais de estadia (que estão em vigor de agosto a novembro nos espaços aderentes), com descontos dos 10 aos 50%.

Motivos de sobra para conhecer Vila Verde edeixar-se apaixonar pelo encanto das nossas terras e das nossas gentes. Para saber tudo ao pormenor basta aceder a narotadascolheitas.blogsopt.pt.

A primeira edição da Mirtifrutos – Feira Nacional de Pequenos Frutos é uma das grandes novidades da edição deste ano da Rota. A Praça de Santo António, em pleno centro da sede do concelho de Vila Verde, prepara-se para receber mais de trinta expositores, entre produtores de pequenos frutos, associações de produtores e produtores de derivados e transformados.

Um setor em amplo crescimento
Para garantir o conforto dos visitantes, o recinto contará também com o serviço de dois bares, uma chocolataria, uma pastelaria e uma roulotte de gelados artesanais, que vão utilizar os pequenos frutos aguçar a criatividade nas respetivas áreas de especialidade.

O programa de três dias inclui ainda momentos culturais, com folclore, música popular e uma feira de artesanato que vai colocar em evidência o talento dos produtores locais.

Durante os últimos anos verificou-se um crescimento exponencial da quantidade e da área de explorações de pequenos frutos no concelho, o que fez aumentar consideravelmente o peso do setor na balança comercial vilaverdense e levou ao aparecimento de uma iniciativa que tem um imenso potencial de crescimento no futuro próximo.

Comentários

topo