Cultura

Abílio Ferreira: Um sonho de um homem que virou Museu

Partilhe esta notícia!

“Antigamente não tínhamos ambição, mas consegui cumprir os meus sonhos”. É assim que Abílio Ferreira, de 80 anos, promotor e um dos principais impulsionadores do Museu do Linho, situado na freguesia de Marrancos, desvenda um pouco do seu percurso de vida, que passa equiparavelmente pela própria freguesia.

Nascido e criado em Marrancos, Abílio Ferreira des – de cedo esteve ligado à cultura do Linho, através dos pais e dos avós, que cultivavam a planta para fazer as próprias roupas. “Naquele tempo era assim, ninguém ia comprar nada. Os meus pais diziam que da venda só se trazia azeite e pouco mais, o resto era tudo feito em casa, para auto-sustento”

(Conheça mais sobre Abílio Ferreira na edição impressa do V)

Comentários

topo