Destaque

Carlos Braga: “José Caridade não foi despedido nem recebeu louvor”

Partilhe esta notícia!
“Não recebeu louvor nenhum nem foi despedido”. É desta forma que Carlos Braga, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntário de Vila Verde (BVVV) aborda o caso Caridade, bombeiro que ao Semanário V disse – como avançado na última edição – que recebeu “carta de despedimento”.
Segundo Carlos Braga o bombeiro José Caridade “não foi despedido”. “Nós realizamos um concurso interno e este bombeiro, depois de submetido a um júri composto por Augusto Faria, Nídio Silva e o comandante Lomba, foi o escolhido para um trabalho de seis meses. Ou seja, com um contrato a termo”, afirma Carlos Braga.
(Notícia completa na edição impressa do Semanário V, já nas bancas)

Comentários

topo