Destaque

Novo quartel da GNR de Vila Verde em fase de conclusão num investimento superior a um milhão de euros

O presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela, acompanhado do coronel Tinoco Ferreira e do capitão Fernandes, realizou uma visita às obras de reabilitação do quartel da GNR de Vila Verde, que se encontram numa fase bastante avançada e vão contribuir para que os agentes da autoridade passem a dispor de instalações funcionais e adequadas à prestação de serviços de elevada qualidade.

A intervenção contempla a requalificação e ampliação do antigo edifício da GNR, no centro de Vila Verde, criando um novo espaço de atendimento, uma nova habitação para o comandante do posto e respetivo gabinete, dois gabinetes de investigação e inquéritos, uma sala de apoio às vítimas, balneários/vestiários e um ginásio.

Tem ainda lugar a renovação do logradouro do anterior edifício para a criação de um espaço de estacionamento de viaturas e de área ajardinada.

Esta obra realizada pela Camara de Vila Verde e comparticipada pelo MAI, representa um investimento global de um milhão de euros.
Complementarmente a esta intervenção, está ainda em curso a concretização um projeto integrado de regeneração urbana em toda a zona envolvente, no sentido da revitalização destes espaços situados nesta zona central da sede concelhia, criando uma área cívica e de lazer com diversas atividades económicas e serviços, assim como sedes de importantes instituições sociais e culturais do Concelho.

António Vilela sublinha que “a zona sul do concelho conta, há já alguns anos, com um excelente quartel da GNR, na Vila de Prado, e é agora chegado o momento de Vila Verde e todas as freguesias que este quartel da sede concelhia serve serem contemplados com a realização deste projeto que vai assegurar a melhoria e a mais do que merecida e justificada dignificação das condições de trabalho das nossas autoridades”.

O mesmo edil aduz que, “com este importante investimento, as instalações da GNR ganham a funcionalidade que lhes é devida e o Concelho beneficia muito ainda em matéria de reforço da segurança de pessoas e bens”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo